Topo

Famosos

"SBT não acreditava no 'Casos de Família'", revela Regina Volpato

Antonio Chahestian/RecordTV
Regina Volpato no "Programa do Porchat" Imagem: Antonio Chahestian/RecordTV

Colaboração para o UOL

29/08/2017 09h07

Regina Volpato relembrou os tempos que apresentava o "Casos de Família", de 2004 a 2009, ao participar do "Programa do Porchat", na noite de segunda-feira (28). A apresentadora revelou que boa parte do SBT não acreditava na atração, no ar até hoje.

"Eu lia notícia na BandNews. Quando passei no teste para o 'Casos de Família', tive uma reunião com o Silvio Santos. Ele veio me dar a boa notícia que eu tinha sido aprovada e disse: 'você vai ser contratada para fazer um programa que toda a diretoria e o departamento comercial não acredita, acham que não vai dar certo", conta.

Silvio propôs, então, um período para testar o desempenho da atração no ar. "Ele me disse: 'Vou fazer um contrato de dois meses. Se der certo, a gente senta de novo e renegocia, se não, nosso compromisso acaba aí'. Eu tinha uma intuição que daria certo. Depois ele me chamou de novo e renovamos por um ano", recorda.

Regina conta por que deixou a atração, hoje comandada por Christina Rocha. "Venceu o contrato e eu estava muito esvaziada. Foram mais de mil programas, eram situações de muito conflito e me deixavam num estado emocional muito instável. Não tinha como não se envolver".

A jornalista afirma que tinha cuidado para que seus entrevistados não se expusessem demais. "Eu consigo criar um clima de intimidade que a pessoa fala coisas que não precisa falar, e estou me beneficiando disso por ter o domínio da situação. Tinha que ter um certo senso de saber a hora de parar de perguntar. No meu canal no Youtube, uma pessoa me disse que tinha feito um aborto, não foi para o ar".

Ela conta momentos engraçados. "Gravava três programas por dia. Fui falar com a plateia e agradeci por virem passar a tarde naquele calorão. Uma senhora disse: 'É por isso que a gente vem, aqui tem ar condicionado'. A gente põe o pé no chão quando ouve uma resposta dessas", diverte-se.

A grade de programação do SBT na época ajudou Regina a ser lembrada até hoje por diferentes gerações. "Depois do 'Casos de Família' vinha o 'Chaves', então as crianças chegavam da escola e esperavam com as mães o programa acabar. Muitos diálogos familiares aconteceram graças a esse momento de encontro. Por isso esse programa ficou na memória das pessoas de um jeito tão afeituoso. Fico muito emocionada".

Regina Volpato relembrou os tempos que apresentava o \"Casos de Família\", de 2004 a 2009, ao participar do \"Programa do Porchat\", na noite de segunda-feira (28). A apresentadora revelou que boa parte do SBT não acredita","image":{"sizes":{"personalizado":"","original":"900x506"},"height":506,"width":900,"crops":"1x1;3x4;4x3;9x16;16x9;16x12;80x80;142x100;142x200;300x100;300x200;300x300;300x420;300x500;615x300;615x470;956x500;1024x768;1272x847","src":"http://conteudo.imguol.com.br/c/entretenimento/18/2017/08/29/regina-volpato-no-programa-do-porchat-1504008268824_v2_900x506.jpg","type":"","titulo":"Regina Volpato no \"Programa do Porchat\"","credito":"Antonio Chahestian/RecordTV"},"date":"29/08/2017 09h07","kicker":"TV e Famosos"}}' cp-area='{"xs-sm":"49.88px","md-lg":"33.88px"}' config-name="tvefamosos/tvefamosos">

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!