Topo

Famosos

"Fomos vítimas desse sistema falido", diz Fogaça após assalto a restaurante

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo*

15/09/2017 16h26

Jurado do "MasterChef Brasil", o chef Henrique Fogaça se manifestou pela primeira vez sobre o assalto ocorrido ao restaurante Cão Veio, do qual é um dos sócios junto com o vocalista da banda CPM 22, Badauí. O estabelecimento foi invadido por dois assaltantes armados na madrugada desta sexta-feira, 15.

"Quero esclarecer o ocorrido de ontem em nosso estabelecimento. Infelizmente fomos mais uma vítima desse sistema falido no qual vivemos, onde esse tipo de coisa já é normal. Tivemos uma tentativa de assalto no momento em que fechávamos o bar, mas graças a Deus não tivemos maiores problemas, a não ser o furto de 3 telefones celulares e pouca quantia em dinheiro. Agradeço a preocupação de todos e quero dizer que tanto a segurança do bar quanto da rua já foram reforçadas! Em um pais governado por políticos desonestos, essa prática se torna recorrente em nosso dia a dia. Lamentável!", protestou ele, em e-mail enviado ao UOL.

Segundo a Polícia Militar, eles entraram por volta da 1h no gastropub, localizado na Avenida João Moura, em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo.

Os funcionários, que estavam fechando o estabelecimento, foram presos em uma despensa. A polícia não soube informar se ainda havia clientes no pub. Tiros foram disparados, supostamente para assustar as pessoas no local.

Quando a PM chegou, acionada por testemunhas, os criminosos fugiram escalando telhados de casas vizinhas e se esconderam em uma vila próxima. Nenhum suspeito havia sido localizado até às 8h desta sexta-feira.

O 14º Distrito Policial (DP), de Pinheiros, iniciou a investigação. Até o momento, a polícia e os sócios do estabelecimento não informaram se os bandidos conseguiram roubar dinheiro ou outros objetos. Não houve registro de ferido na ocorrência.

Com informações da agência Estadão Conteúdo

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!