Topo

MasterChef

Volta por cima de participante faz Paola Carosella "queimar a língua"

Do UOL, em São Paulo

11/10/2017 02h17

Antes mesmo de avaliar o seu prato, Paola Carosella já apostava na eliminação de Pablo Oazen em conversas reservadas com Erick Jacquin e Henrique Fogaça, durante a edição do "MasterChef", da Band, nesta terça-feira (10).

A chef argentina não acreditava de jeito nenhum no sucesso de um prato, que reunia cardamomo negro combinado com queijo, pimenta e várias frutas.

O resultado da receita, no entanto, surpreendeu a todos os jurados, a ponto de Paola chegar a dizer que "deveria engolir as palavras e morrer afogada".

Quem você acha que vai vencer "MasterChef - Profissionais"?

Resultado parcial

Total de 25054 votos
20,73%
Divulgação/TV Bandeirantes
48,57%
Divulgação/TV Bandeirantes
30,70%
Divulgação/TV Bandeirantes
Total de 25054 votos

"Quando você estava cozinhando, eu falei para os meus colegas que eu achava que você iria 'rodar'. Cardamomo negro combinado com queijo de cabra, pimenta e tantas frutas... Se eu pudesse pegar todas as palavras que eu falei, eu deveria engoli-las e morrer afogada, porque é uma das melhores sobremesas que eu já comi em minha vida. Se eu estivesse sentada em seu restaurante, eu pediria mais uma vez. É sensacional", exaltou Paola.

Nascido em Minas Gerais, Pablo Oazen é formado em Turismo e Hotelaria, mas apaixonou-se por gastronomia e passou por restaurantes estrelados da França, Espanha e Portugal, conforme informado pelo site oficial.

Ao longo de sua trajetória, Pablo já trabalhou com vários profissionais de prestígio, dentre eles o próprio chef Erick Jacquin. 

Cinco provas na mesma noite

No programa desta terça-feira, os nove cozinheiros foram divididos em três trios --azul, amaralo e verde-- em uma prova na qual contaria com a participação do chef Jun Sakamoto.

Cada trio teria que limpar, cortar e preparar três peixes diferentes em quatro etapas, em 20 minutos cada, que exigiriam técnica e habilidade dos participantes. A equipe que acumulasse mais pontos nas quatro etapas se salvaria automaticamente.

A equipe amarela (composta por Clécio, Francisco e Irina) foi a vencedora, com três pontos acumulados.

Na prova eliminatória, os cozinheiros tiveram a liberdade para preparar um prato original, mas com um detalhe à parte: ele seriam obrigados a usar um tempero incomum e inusitado, escolhido pelo time amarelo, o vencedor da prova anterior.

Pablo foi eleito pelos jurados como o melhor da noite, preparando um arroz doce caccio e pepe com crumble de cardamomo negro. (Aprenda todas as receitas aqui). Já Angélica e Ravi foram os piores.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!