TV e Famosos

Na web, terapeuta dá dica de relacionamento usando personagens de "A Força"

Estevam Avellar/Globo
Bibi (Juliana Paes) e Rubinho (Emilio Dantas) em cena de "A Força do Querer" Imagem: Estevam Avellar/Globo

Do UOL, em São Paulo

12/10/2017 04h00

Novela de maior audiência nos últimos 10 anos, "A Força do Querer", da Globo, apresenta situações do cotidiano e um catálogo recheado de personagens que mantêm relacionamentos confusos e turbulentos. São os casos de Bibi (Juliana Paes) e Rubinho (Emílio Dantas) e Joyce (Maria Fernanda Cândido) e Eugênio (Dan Stulbach), por exemplo.

Pensando exatamente nisso, a jornalista Adriana de Castro e a psiquiatra Hebe de Moura lançaram na web o programa "Terapia da Novela", que dá dicas às internautas de como se relacionar melhor com o seu parceiro usando exemplos de personagens da trama de Glória Perez.

"Usamos as personagens da novela, porque é a trama de maior sucesso no momento, e todo está acompanhando",  resumiu Hebe de Moura, terapeuta há cerca de 30 anos, em entrevista ao UOL, por telefone,

Questionada sobre atitudes envolvendo Bibi Perigosa, Hebe afirmou que a personagem é excessivamente egocêntrica e que jamais amou o marido. "A Bibi não é coitadinha coisa nenhuma. Ela largou o Caio, um homem rico, para ficar com Rubinho porque gosta de ser idolatrada. Você percebeu quando os olhos dela brilharam? Quando ela chegou ao poder [no morro]. Mas Bibi nunca amou o Rubinho", avaliou a psiquiatra.

"[A mulher precisa] perceber que um homem não é objeto que você possui, é uma pessoa para você crescer junto com ele. O objetivo de você ter um parceiro não é ter um fã, é ter uma pessoa que você apoia e te apoie para enfrentar as dificuldades", analisou.

"O Rubinho é traficante, preso e com metralhadora nas mãos, mas a culpa é sempre da Jeiza... O que eu quero dizer é que quando você tira a responsabilidade da pessoa, você a ajuda a se infantilizar. Então você precisa sentar com o marido, precisa entendê-lo, ajudá-lo a ser uma pessoa melhor e não passar a mão na cabeça e jogar a culpa nos outros [como Bibi fez]", contestou.

Formada pela Unifesp, Hebe de Moura afirmou ainda que Ritinha é "sem caráter", Bibi é "ególatra" e Irene, uma "psicopata assassina". 

O programa "Terapia de Novela" é exibido semanalmente, no YouTube, possui sete episódios disponíveis e tem outras cinco edições já produzidas pela equipe. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos

Topo