Topo

Televisão

"Fiquei quase 5 anos na Globo, mas só falam da MTV", diz Sarah Oliveira

Divulgação
Sarah Oliveira lembra sua carreira no "Eletrogordo" Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL

24/10/2017 08h32

Sarah Oliveira relembrou sua carreira no "Eletrogordo" de segunda-feira (23). A apresentadora, hoje com 38 anos, falou de entrevistas marcantes que já realizou no rádio, na MTV e na Globo, onde fez parte do "Video Show" entre 2006 e 2009.

"Falam: 'Você foi para a Globo', eu digo 'não, fui para o 'Video Show'. Fiquei quase cinco anos lá, mas as pessoas falam só da MTV", observa ela, que ficou conhecida nos anos 2000 no comando do "Contato MTV", "Disk MTV" e "Jornal MTV".

"No 'Video Show' viajei bastante. Fiquei um mês na Índia, fui para a Amazônia... Era uma época em que dava para fazer isso, a Globo tem toda a estrutura e eu aprendi muita coisa". Como repórter do programa diário, não escapou de irritar alguns famosos. "O Zé Wilker ficou muito bravo comigo na amazônia. Eu fiz uma pergunta e ele falou assim: 'quando você estava no jardim da infância...'. Essa geração está acostumada a dizer isso. Eu não gostei, fiquei séria", recorda.

Nos tempos de MTV famosos internacionais também não gostaram de falar com ela. "Perguntei pro Jon Bon Jovi o que achava das bandas que faziam um rock'n roll mais orgânico, não comercial. Ele repetia 'fuck you', 'fuck you'", diverte-se.

Sarah comenta as entrevistas marcantes que fez. "Entrevistei o Ozzy Osbourne por telefone para a rádio, eu tinha 18 anos. Michael Stipe falou pela primeira vez da sexualidade para mim, sem querer. O luau com a Cássia Eller também foi marcante, último registro em vídeo. E muita coisa que está na biogradia da Rita Lee, ela tinha falado pra gente".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!