Topo

Famosos

"Aguinaldo Silva não me convence. Ele engana e é antiético", diz Leão Lobo

Colaboração para o UOL

26/10/2017 08h11

Leão Lobo soltou sua língua afiada no "Superpop" de quarta-feira (25). O apresentador do "Fofocalizando" criticou autores e atores de novela, mas também soube elogiar quem gosta, como Mara Maravilha, Silvio Santos e Glória Perez.

"Aguinaldo Silva não me convence como novelista. Ele engana, no mau sentido. Pegou algumas novelas do Dias Gomes e quase estragou. O que me incomoda mais é ele ser antiético de criticar as novelas dos colegas, existem os críticos de televisão para isso,. Eu até assisto às novelas dele, mas não gosto", detona.

A intérprete de Jeiza em "A Força do Querer" também esteve em sua mira. "Paolla Oliveira era uma atriz muito fraca no começo da carreira, melhorou. Não é uma Isis Valverde, uma Juliana Paes ainda. Ela era muito namoradeira e isso ficava acima dos trabalhos".

Outro barraco foi com Danielle Winits. "Eu disse que ela namorava o Ricardo Waddington. Ficou brava, entrou com o processo. Quando chegou lá, ninguém me ouviu, porque o marido dela na época entrou na sala dizendo que eu tinha acabado com o casamento dele, que foi trabalhar na Record de tão humilhado que ficou".

Leão afirma que perdeu o processo porque Waddington, que seria testemunha a seu favor, não foi achado. "Eu me achei muito sacaneado. Mas não tenho medo de levar processo, nosso trabalho é esse". Já sobre o desempenho dela, dispara. "Acho fraca como atriz, tentou ser bailarina como a Claudia Raia e não conseguiu, está aí fazendo coisas. Quem não tem talento, vive da vida pessoal".

Macumba

O episódio em que Márcia Goldschmidt teria feito uma macumba para ele nos estúdios do "Mulheres" não foi esquecido. "Apresentei ela para a diretoria da Gazeta. Uma semana depois da estreia, ela ficava andando pelo estúdio, eu gritava o nome dela, e não me ouvia, não queria ouvir. Ela queria outra pessoa".

Um dia, o apresentador notou algo diferente. Tinha um monte de pedras em volta da minha mesa. Um câmera disse: 'isso é macumba, ela fez para você'. Quando sentei para começar o programa, ela mesma falou 'é macumba, para mandar você embora'. no dia seguinte, quando estava penteando o cabelo apagou minha cabeça. Minha pressão subiu, acordei no hospital. A própria diretoria [da Gazeta] dizia que era por causa da macumba e chamaram um pai de santo para devolver para quem fez".

Glória Perez se salva da metralhadora de Leão. "Cheguei a criticar a Glória Perez no começo, achava que faltavam algumas coisas para ela contar uma história direito. Mas ela atingiu a maturidade, conseguiu tocar em assuntos certos sem chocar a sociedade, foi maravilhosa".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!