Topo

Televisão

Ratinho diz ser contra mulher jogando futebol: "Não vejo graça"

Roberto Nemanis/Divulgação SBT
Ratinho em gravação do programa no SBT Imagem: Roberto Nemanis/Divulgação SBT

Do UOL, em São Paulo

31/10/2017 16h42

O apresentador Carlos Massa, popularmente conhecido como Ratinho, lançou uma polêmica no ar durante a exibição do seu programa no SBT, nesta segunda-feira (30), e afirmou ser contra mulher jogando futebol e praticando o UFC. Para o comunicador, os dois esportes seriam "brutos demais" para a classe feminina e que não vê "graça nenhuma" na prática.

A polêmica surgiu depois de uma comparação feita pelo produtor musical Arnaldo Saccomani, um dos convidados da atração, ao assistir a performance de um rapaz no polidance.

"Eu acho que homem fazendo pole dance é a mesma coisa que mulher jogando futebol: não tem graça nenhuma", disse.

Em seguida, Ratinho concordou com Saccomani e acrescentou. "Eu sou da mesma opinião do Arnaldo [Saccomani]. Eu também não acho graça mulher jogando futebol. Não sei por quê?! Acho que futebol é muito bruto para mulher. Mulher no UFC também acho horrível. Eu sou contra. Todo mundo tem que gostar agora, pô?", devolveu o apresentador.

Única presença feminina na bancada de convidados naquele momento, a jornalista Nadja Haddad tentou intervir na discussão afirmando. "Em primeiro lugar, eu queria dizer que mulher é graciosa até mesmo quando não é para ser engraçada. Eu acho que a mulher bate um bolão, é super legal", opinou.

Nas redes sociais, internautas reagiram contrários ao comentário de Ratinho. "Em pleno século 21 e ouço o Ratinho e Arnaldo Saccomani na TV dizerem que "Ah acho futebol muito bruto pra mulher'", disse um, irritado. "Liguei a televisão pra ver o Ratinho dizer que mulher jogando futebol não combina. Me arrependi", comentou outro.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!