Topo

Televisão

"Não sou a melhor pessoa para falar sobre sexo", diz Preta Gil

Reprodução/TV Globo
Preta Gil participa da "Lady Night" Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

01/11/2017 10h05

Preta Gil contou que não se sentiu à vontade em tudo que fez na TV no "Lady Night", que foi ao ar terça-feira (31). Além de revelar nunca ter feito sexo anal, a cantora disse que ficava desconfortável nos tempos em que tinha seu próprio programa, o "Vai e Vem", em 2010.

"O 'Vai e Vem' eu fiz contrariada, não sou a melhor pessoa para falar sobre sexo. Me deixava inibida perguntar sobre a vida sexual dos convidados, que na maioria eram meus amigos", confessa, explicando o que a levou a deixar de atuar e apresentar na TV. "Hoje em dia, se eu tiver que fazer novela ou filme, fica difícil tirar minha imagem", diz, referindo-se ao público acabar enxergando-a como ela mesma.

A filha de Gilberto Gil explica seu nome. "Meu pai foi me registrar e o tabelião disse: 'Preta não é nome de gente'. Ele argumentou que existia Clara, Rosa, por que não podia por Preta? 'Se você botar um nome católico junto, eu deixo', o cara disse. Por isso sou Preta Maria"
.
Ela comentou intimidades, como o formato de sua genitália. "Tenho 'capô de fusca', não fica tão bonita depilada". Mãe de Francisco, de seu relacionamento com o ator Otávio Müller, a cantora não descarta aumentar a família com o marido, Rodrigo Godoy. "Estou tentando todo dia. Uma hora, quem sabe".
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!