Famosos

No Dia da Consciência Negra, Walcyr Carrasco fala sobre racismo em novela

AgNews
Walcyr Carrasco, autor de "O Outro Lado do Paraíso" Imagem: AgNews

Colaboração para o UOL

20/11/2017 16h58

O Dia da Consciência Negra - celebrado nesta segunda-feira (20) - foi lembrado por Walcyr Carrasco, autor da novela "O Outro Lado do Paraíso". No Instagram, o escritor falou sobre a trama envolvendo Raquel (Erika Januzza) e Nádia (Eliane Giardini), em que a empregada sofre preconceito da patroa após começar a namorar com o filho dela, Bruno (Caio Paduan).

"Este ano o Dia da Consciência Negra tem um sentido ainda mais forte pra mim. Escrevendo 'O Outro Lado do Paraíso', procuro conscientizar as pessoas daquele racismo que é o mais comum no Brasil, o racismo velado, que não bate. mas ofende e trata o semelhante como um ser inferior. É o caso de Nádia e Raquel. As frases racistas da personagem interpretada lindamente pela Eliane Giardini estão, sim, numa obra de ficção, mas são reais. Fale a verdade: você nunca ouviu gente falando e se comportando como a mãe de Bruno? Na novela, Raquel vai sofrer uma reviravolta após muito estudar. E é nesse ponto que precisamos agir. Só garantindo educação conseguiremos reverter números terríveis como esse que li esse semana: 63% dos desempregados do Brasil são negros. Precisamos quebrar esse ciclo de desigualdade. Votando certo já é um bom começo, combater o preconceito é obrigação! #DiaDaConscienciaNegra#Zumbi", refletiu o autor.

 

 

Este ano o Dia da Consciência Negra tem um sentido ainda mais forte pra mim. Escrevendo O Outro Lado do Paraíso, procuro conscientizar as pessoas daquele racismo que é o mais comum no Brasil, o racismo velado, que não bate mas ofende e trata o semelhante como um ser inferior. É o caso de Nádia e Raquel. As frases racistas da personagem interpretada lindamente pela Eliane Giardini estão, sim, numa obra de ficção, mas são reais. Fale a verdade: você nunca ouviu gente falando e se comportando como a mãe de Bruno? Na novela, Raquel vai sofrer uma reviravolta após muito estudar. E é nesse ponto que precisamos agir. Só garantindo educação conseguiremos reverter números terríveis como esse que li esse semana: 63% dos desempregados do Brasil são negros. Precisamos quebrar esse ciclo de desigualdade. Votando certo já é um bom começo, combater o preconceito é obrigação! #DiaDaConscienciaNegra #Zumbi

Uma publicação compartilhada por ?????? ?????s?? (@walcyrcarrasco) em

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

UOL Estilo
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Da Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo