Topo

Televisão

Moacyr "prevê" demissão em última aparição na "Praça": "Melhor tirar eu"

Reprodução/SBT
Moacyr Franco, com Carlos Alberto de Nóbrega, interpreta Jeca Gay pela última vez em "A Praça É Nossa" Imagem: Reprodução/SBT

Do UOL, em São Paulo

24/11/2017 14h33

Demitido do SBT nesta semana, Moacyr Franco apareceu pela última vez em "A Praça é Nossa" nesta quinta-feira (23). Como Jeca Gay, o humorista encerrou o programa com uma piada "premonitória" e disse que seria melhor tirá-lo do programa no lugar de Marcelo de Nóbrega, filho de Carlos Alberto.

Jeca Gay começou sugerindo para o técnico Tite, convocar o cunhado dele, Vaselina, para a seleção. "Fala para ele tirar aquele Marcelo, pelo amor de Deus", disse o personagem, referindo-se ao lateral-esquerdo do Real Madrid e do time brasileiro.

"Eu acho que até concordo. Eu vou pedir para ele tirar o Marcelo", respondeu Carlos Alberto. Foi então que Jeca Gay "previu" sua saída do humorístico. "Não, é melhor tirar eu e deixar o Marcelo, que é patrão", brincou, referindo-se ao diretor da "Praça", Marcelo de Nóbrega.

O SBT demitiu Moacyr Franco na última sexta-feira, ao lado de outro humorista da "Praça", Paulo Pioli. Com 20 anos de SBT, Moacyr foi apresentador, ator, diretor e criador de programas como "Ô, Coitado" e "Meu Cunhado". Há 12 anos, interpretava Jeca Gay no programa de Carlos Alberto de Nóbrega.

Ao UOL, Moacyr chamou a demissão de "inexplicável" e revelou que recebia menos do que muitos artistas da casa: "Meu salário no SBT era 40 'paus', era ridículo. Enquanto todo mundo ganha milhões, pelo que sei".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!