Topo

Famosos

Thaila Ayala rebate acusação de Day McCarthy sobre uso de drogas: "Revolta"

Reprodução/Instagram
Thaila Ayala também foi vítima das acusações de Day McCarthy Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL

28/11/2017 18h58

Depois de Anitta soltar um comunicado à imprensa sobre as acusações de Day McCarthy - mesma mulher que fez ofensas racistas à filha de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank -, foi a vez de Thaila Ayala se pronunciar em seu Instagram nesta terça-feira (28). Em vídeo compartilhado nas redes sociais, a "socialite" disse que a atriz e a cantora usam cocaína e ameaçou publicar um vídeo como prova.

"Gostaria de manifestar minha revolta em relação a essas acusações mentirosas a meu respeito sobre um suposto vídeo que obviamente não existe. É absurdo que essa mentira se sobreponha a um crime de racismo cometido contra uma criança. Por favor, vamos parar de dar atenção e espaço a esse tipo de atitude inconsequente e irresponsável", pediu Thaila.

A atriz usou uma foto de Gagliasso e família para fazer o post. "Me solidarizo profundamente com todos que vêm sofrendo esse tipo de ataque virtual. Vamos focar nossos esforços contra todo tipo de preconceito, homofobia e racismo. Por mais amor e menos discursos de ódio", escreveu Thaila.

Gagliasso e Ewbank, aliás, usaram a mesma rede social para agradecer ao apoio que receberam de anônimos e famosos. "Estamos fortes e determinados em seguir fazendo o que é certo e buscar justiça. Não foi a primeira vez que passamos por isso, certamente não será a última, e sabemos que como a nossa filha, milhares de outras pessoas são vítimas de agressões e preconceitos diariamente nesse país. Como disse Gil, hoje o racismo não está mais velado e sim revelado, e mais do que nunca precisa ser encarado de frente por todos nós. Estamos juntos nessa luta. Obrigado por todo apoio. Vamos até o fim por amor, respeito e igualdade racial", publicou o casal.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!