Topo

Televisão

Globo mostra cenas de ator em novela do SBT e dá parabéns a Silvio Santos

Reprodução/TV Globo
Marcos Caruso revê cena de "Éramos Seis", novela do SBT, no "Vídeo Show" Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

12/12/2017 14h51

Marcos Caruso foi homenageado no "Video Show" desta terça-feira (12) e até trabalhos fora da Globo foram lembrados. O ator apareceu em uma cena de "Éramos Seis", produzida pelo SBT.

"Em 1994, ainda de cabelinho preto, você participou de uma nova versão de uma novela clássica, 'Éramos Seis', no SBT", anunciou Joaquim Lopes. "Acho que estou parecido com Mateus Solano", brincou Caruso ao se ver na tela. "Tive o prazer de fazer 'Éramos Seis', fiz a terceira geração da novela", lembrou Otaviano Costa.

Aproveitando o raro momento em que a Globo abre espaço para falar de outras emissoras, o ator comentou como foram as gravações. "Foi lindo, um momento muito bonito, uma novela importante do Silvio de Abreu e do Rubens Ewald Filho, que já tinha sido feita na TV Tupi e, quantas vezes for feita, será sucesso.

Otaviano deu ainda parabéns à concorrente. "Aproveitando, o SBT está em festa hoje, aniversário do Senor Abravanel, Silvio Santos. Parabéns, Silvio Santos, SBT", disse, imitando o apresentador que completa 87 anos nesta terça. Antes de rever o restante de seus trabalhos,

Caruso ainda falou um pouco mais da história, cujos direitos foram comprados pela Globo e deve virar um remake daqui a alguns anos. "O mais inacreditável é que eu envelheci tremendamente e a Irene [Ravache, que aparecia na cena] continua linda e jovem", diverte-se.

Essa não foi a primeira vez que o quadro "Meu Vídeo é um Show" mostrou trabalhos importantes de artistas em outras emissoras. No último dia 21, Zezé Motta se reviu em cena de "Xica da Silva", produzida pela Manchete em 1996.

Machucados de verdade

O ator lembra duas situações em que machucou suas colegas de elenco. Uma delas em "Mulheres Apaixonadas" (2003), quando dava uma surra na filha Dóris (Regiane Alves). "Dei 11 cintadas, as dez na cama, a última pegou nela, tadinha. As pessoas lembram dizendo 'você batia na sua filha', mas foi só uma vez, não na novela inteira", ressalta. Em "Páginas da Vida", a vítima foi Lilia Cabral, durante uma cena de discussão. 

"A Lilia veio, eu empurrei com força, não deveria ter feito isso, ela tropeçou no tapete e bateu o queixo nas pedras de mármore da mesa, eu achando que era cena, dizia 'grita', ela não dava o texto, eu continuava 'grita', ela foi abaixando e eu, 'isso'. quando olhei, falei, 'gente!'. Foi horrível, ela saiu do Projac, quebrou um negócio. Eu vejo essa cena e choro até hoje". A novela trouxe frutos positivos, no entanto. "Depois dela ganhei o prêmio de Melhor Ator e recebi meu primeiro contrato longo na Globo".