Topo

Famosos

Sandy lembra série "Sandy & Júnior" após 15 anos e diz que ainda quer atuar

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

15/12/2017 12h48

Um grupo de jovens que vivem os primeiros dramas da adolescência, romances e intrigas em um colégio. Bem que podia ser a sinopse de "Malhação", mas é a descrição do seriado "Sandy & Júnior", protagonizado pelos irmãos que formaram a dupla musical homônima. A série, que durou de 1999 a 2002, pegou carona no sucesso dos dois, mas também revelou rostos hoje bem conhecidos da TV, como Fernanda Paes Leme, Paulo Vilhena, Daniele Suzuki e até Marcos Mion, em sua estreia na frente das câmeras.

“Eu amo ter feito isso, é uma parte muito viva da minha história. A gente se fala até hoje, às vezes marca encontros. Foi um período muito importante da nossa vida. Adolescência, né? Eu tenho muita saudade dessa época, gostava muito de fazer”, relembra Sandy, hoje com 34 anos.

Zé Paulo Cardeal/TV Globo
Sandy e Júnior protagonizaram um seriado que levava um nome da dupla e durou até 2002 Imagem: Zé Paulo Cardeal/TV Globo

A cantora fala sobre o ritmo agitado de gravações da época. “Era uma loucura! A gente gravava muito porque nos primeiros anos a gente fazia tudo em locação, num colégio em Campinas. Eu ainda estudava nos primeiros anos. No terceiro ano do programa eu fiz novela junto, e a gente fazia turnê o ano inteiro. Era um ritmo muito louco, e passou num piscar de olhos”.

Sandy participou de vários projetos como atriz. Em 2001, quando ainda gravava a série, protagonizou a mininovela “Estrela-Guia”. No cinema, protagonizou junto o irmão o longa “Acquária” (2003). Em 2012, participou da série “As Brasileiras” e gravou os filmes “Mato sem Cachorro” e “Quando eu era vivo”, lançados em 2013 e 2014, respectivamente. Desde então, não atuou mais. Seu trabalho mais recente nas telonas, foi como dubladora, no filme “Sing: Quem Canta Seus Males Espanta” (2017).

Ela admite que sente falta de atuar, e que estaria disposta a aceitar convites para trabalhos mais pontuais, por conta de sua agenda atarefada. “Eu sinto bastante falta. Estou sempre aberta, esperando algum convite interessante. Em 2012, apareceram três coisas. Depois não veio mais nada. Teve outros convites, mas coisas que ficaram enroladas. Estou aqui esperando”, diz.

Manuela Scarpa/Brazil News
"Estou esperando", diz Sandy, hoje aos 34, sobre novos convites para atuar Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News
Maturidade e maternidade

Presença constante em programas de TV e canais de YouTube, a cantora já abriu o coração e discutiu vários aspectos de sua vida pessoal, algo que lembra pouco a menina "certinha" que embalou a infância de uma geração. Sandy cita a maturidade como um motivo para falar mais abertamente sobre si mesma, mas acredita que a principal razão são os meios dos quais dispõe para se expressar atualmente.

“As demandas que aparecem são diferentes. Tem canal de internet, tudo muito informal, tem vários programas humorísticos que permitem explorar esse lado mais solto e mais divertido, que eu adoro. Eu acabo tendo mais oportunidades para ser eu, para ser mais Sandy pessoa e menos Sandy artista. Eu sempre fui essa pessoa que as pessoas estão percebendo agora que eu sou, só tinha menos coisas acontecendo na vida, menos experiência”, relata.

Casada com o músico Lucas Lima há quase dez anos e mãe de Theo, de três anos, a Sandy adulta de hoje segue se esforçando para conseguir equilibrar todos os aspectos de vida.

“Eu tento dar conta de tudo, me organizar da melhor maneira possível. Organizo meus horários para não ser uma mãe ausente. Eu digo que trabalho menos do que deveria e mais do que eu gostaria. È muito difícil conciliar tudo isso e ainda ser mãe presente, dona de casa, esposa. São muito papéis para administrar”.

Ela confessa que sente saudades do filho, que está começando a escola, mas garante que não pretende dar irmãos a Theo. “Estou super feliz e realizada com um filho só. Filho é a coisa mais linda na vida de um ser humano, é uma realização que não tem como descrever, mas eu também não sinto falta de ter mais um, ele não pede ainda, então estou tranquila”.

Recentemente, a cantora foi alvo de uma piada da sexóloga Laura Muller, que perguntou se ela estaria esperando um segundo filho, após uma pergunta sobre métodos contraceptivos no "Altas Horas". “Seria meio loucura na minha vida do jeito que ela é. Mais um filho para administrar no meio de tudo isso. É uma loucura”, garante Sandy.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!