Topo

Famosos

Justiça determina que mãe e irmã indenizem ator Hugo Gross em R$ 50 mil

Estevam Avellar/Globo
O ator Hugo Gross Imagem: Estevam Avellar/Globo

Do UOL, no Rio

18/12/2017 12h58

A Justiça determinou que a mãe e a irmã do ator Hugo Gross paguem a ele R$ 50 mil por danos morais. Em 2014, Maria José Schweller e Cláudia Gross Schwelle acusaram Hugo de furto de dinheiro, uso de drogas e agressão.

Na decisão, a desembargadora Maria Isabel Paes Gonçalves, do Tribunal de Justiça do Rio, diz que o ator "vivenciou situações constrangedoras com a exposição de sua vida particular, ferindo sua esfera íntima e individual, razão suficiente a caracterizar os danos morais".

Na ocasião, a mãe e a irmã deram entrevistas a veículos de comunicação com acusações graves. A decisão relata que "os fatos atingiram a personalidade do autor, sua honra, sua integralidade psíquica e seu bem-estar íntimo, já que teve sua intimidade exposta publicamente sem sua autorização".

No processo, Gross relata que sempre teve uma relação conflituosa com a família, afirma que foi internado à sua revelia sob falsa premissa de ser dependente químico e que as acusações o deixaram em caso acentuado de depressão.

Aos 53 anos, Gross já atuou em mais de 15 novelas na Globo, entre elas "De Corpo e Alma" (1992), "História de Amor" (1995), "Uga Uga" (2000) e "Paraíso" (2009). O último papel de Hugo na emissora foi em "Aquele Beijo" (2011) em que viveu Tibério.
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!