Topo

Televisão

Assédio de padrasto será mote para vingança de Clara em "O Outro Lado"

Divulgação/TV Globo/Raquel Cunha
Bella Piero assume que sua Laura não se sente próxima da família e diz que mãe Lorena (Sandra Corveloni) é fofoqueira e o padrasto Vinícius (Flavio Tolezani) é um delegado corrupto Imagem: Divulgação/TV Globo/Raquel Cunha

Ana Cora Lima

Do UOL,no Rio

23/12/2017 04h00

Depois de jogar para fora do armário o psiquiatra Samuel (Eriberto Leão), a próxima vítima de Clara (Bianca Bin) em “O Outro Lado do Paraíso” será o delegado Vinícius (Flávio Tolezan). A mocinha da novela de Walcyr Carrasco vai usar a enteada Laura (Bella  Piero) para desmascarar o policial com a acusação de um crime: assédio.

Quem acompanha a novela desde o início deve ter percebido que há algo de errado na relação entre padrasto e enteada. Na primeira fase da trama, a então pré-adolescente nunca escondeu o horror pelo marido da mãe. Walcyr Carrasco chegou a usar seu Twitter para desmentir qualquer abordagem de pedofilia na trama. Só que com um mês e meio de novela no ar, a intérprete de Laura deixou escapar para o UOL que existe mesmo um “estranhamento” na família e que se trata de um assédio, mas que não sabe muito sobre o grau dessa violência.

Reprodução/Instragram/@bella.piero
Carioca e aos 21 anos, Bella Piero está em sua terceira novela na Globo Imagem: Reprodução/Instragram/@bella.piero
“Esse tema vai ser abordado de alguma maneira, mas eu não sei como. Ainda não recebi esses capítulos, não sei te falar como o Walcyr vai entrar no assunto. Eu sei que existe um estranhamento naquela família, que é muita esquisita com um padrasto corrupto, uma mãe fofoqueira, que esquece da filha, e uma jovem diferente de todas da sua idade. Claro que o Walcyr e direção estão tendo cuidado em tocar nesse assunto de assédio ainda mais envolvendo uma criança", conta Bella Piero que para compor a personagem assume ter feito várias pesquisas sobre o assunto.

"Fizemos quase cinco meses de preparação. Além das aulas com Eduardo Milewicz [preparador de elenco], vi filmes e documentários e li reportagens porque tinha muito material para pesquisar. O tema central da novela é a violência contra a mulher e essa violência genericamente falando aborda tudo como agressão e assédio”, explica a atriz que ainda não gravou a aproximação com Clara. 

Carioca e aos 21 anos - mesma idade de sua personagem -  Bella comentou o envolvimento de sua personagem com Rafael (Igor Angelkorte). "Acho que eles formam um dos poucos casais na trama que tem uma relação transparente, de afeto verdadeiro em uma relação que está começando a ser construído. O Rafael contrapõe o masculino bruto que a novela mostra porque ele é um homem sensível, generoso e delicado. O público já está abraçando a nossa história."

Sobre a aparência abatida da personagem, Bella explica que é proposital. "Na verdade a minha caracterização é nenhuma. Como todo mundo usa muita maquiagem, na época do HD, quem não usa fica diferente. É a minha pele [risos], mas daqui a pouco vai rolar uma transformação. Ela vai ficar mais sofisticada e segura", adianta a atriz que está sem sua terceira novela na casa. As duas anteriores foram "Verdades Secretas" e "A Lei do Amor". "Comecei aqui mesmo e estou trilhando um caminho na Globo", finalizou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!