Topo

Televisão

"Missão cumprida", diz Mion sobre "Legendários", que exibe última edição

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

29/12/2017 04h00

Marcos Mion está com a sensação de dever cumprido depois de gravar o último “Legendários”, que será exibido nesta sexta-feira (29). Após oito anos no ar, o programa não estará na grade da Record em 2018 e o apresentador vai assumir o comando do reality show “A Casa”. 

“Sinto enorme satisfação. É a sensação mais plena de missão cumprida ao ver um ciclo tão importante para minha vida profissional chegar ao fim desta forma. Sou movido a desafios e ciclos e o ‘Legendários’ completou 8 anos como detentor de toda minha atenção e esforço. Que venham os próximos”, afirma o apresentador ao UOL.

O “Legendários” estreou em abril de 2010 com a promessa de inovar no humor. Com elenco de peso, que contava com João Gordo, Miá Mello e Hermes & Renato, o programa seguiu a linha do “Pânico” e “CQC” - que na época estavam no auge - e se consolidou com a vice-liderança os sábados. Em março, a Record tomou a decisão de exibir o programa às sextas, o que contribuiu com a queda na audiência. 

Edu Moraes/Divulgação/Record
Mion recebe convidados de peso no último "Legendários", que vai ao ar nesta sexta (29), na Record Imagem: Edu Moraes/Divulgação/Record

Mion levou 380 "Legendários" ao ar e demonstra orgulho de ter ficado por tanto tempo à frente do programa, cuja última edição foi gravada no dia 20 de dezembro e, apesar do fim, o clima era de alegria. Participaram da atração as cantoras Joelma e Wanessa, a dupla Zezé di Camargo e Luciano, e a banda Jota Quest. 

“Foi um lugar especial na vida e no coração dos brasileiros. Ser o cara do sábado à noite, tendo a missão de alegrar as pessoas em casa, foi muito mais do que eu poderia imaginar quando começamos”, agradece Mion, que ressalta que ele e a Record construíram “uma história vitoriosa”.

“Colocamos mais um tijolo na história da TV brasileira e só sinto gratidão e vontade de comemorar. Minha história na Record continua com desafios ainda maiores, o que me deixa na posição que mais gosto: a de ser desafiado, a de estar em constante movimento”.

Os outros integrantes do programa, como Juju Salimeni e Victor Coelho, o Miozinho, ainda têm futuros incertos na Record. Cover de Marcos Mion desde a época em que trabalhavam juntos na MTV, Victor avisa que sua carreira não acabou com o fim do “Legendários”. Paralelamente a TV, o ator vai se dedicar ao teatro.

“Algumas pessoas encararam como uma tragédia. Queria deixar claro que minha carreira não acabou. O programa deixa de ser exibido como outros tantos programas, mas a gente continua. O elenco todo tem outras coisas para fazer”, contou ele em recente entrevista ao UOL.