Topo

Famosos

Após 40 anos, Nizo Neto deixa Globo: "Precisando respirar novos ares"

Globo/Estevam Avellar
O ator Nizo Neto Imagem: Globo/Estevam Avellar

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

02/01/2018 12h37

Nizo Neto deixou a Globo após 40 anos na emissora. O humorista, que esteve no elenco do "Zorra" até agosto de 2017, contou ao UOL que fez um acordo com a empresa.

"Meu contrato era indeterminado. Pedi demissão e fiz acordo porque estava precisando respirar novos ares. Estava na Globo há 40 anos. Esse último contrato era desde 92".

Nizo foi sondado por outras emissoras ano passado, quando foi divulgado que ele foi tirado do elenco do humorístico da Globo. "Meu telefone começou a tocar com propostas de outras emissoras achando que eu tinha sido demitido. Estou estudando propostas", conta.

Filho de Chico Anysio, ele interpretou o personagem Ptolomeu da "Escolinha do Professor Raimundo" nos anos 90. Na Globo, ele trabalhou ainda em "Chico Total" (1982), "Sítio do Pica Pau Amarelo" (1985), nas novelas "A Próxima Vítima" (1995), "O Cravo e a Rosa" (2000), dentre outras.

Nizo acabou de rodar o longa "O Sofá", do Bruno Safadi e fez uma participação na série "Ouro Branco", da Fox. Além da carreira de ator, ele continua trabalhando com a mulher, a sexpert Tatiana Presser, na marca de produtos eróticos Vem Transar.

O humorista diz que não dá pra comparar o "Zorra" atual com a versão antiga do programa, por ser uma "proposta totalmente diferente".

"O humor tem que ser transgressor, tem que criticar e tocar na ferida. Não é o caso de ofender o 'perder o amigo pra não perder a piada', mas, com certeza, o politicamente correto atrapalha. Não existe humor moderno, mas sim o humor do momento. Quando você vê um filme muito antigo você muitas vezes não acha graça porque simplesmente ele fala de coisas que não sao de sua época. As pessoas e os hábitos mudam, consequentemente o humor muda", analisa.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!