Famosos

Fotógrafo "gato" que clicou Brumar já foi apontado como affair de Anitta

Reprodução/Instagram
Raul Aragão é o fotógrafo "gato" das celebridades Imagem: Reprodução/Instagram

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

21/01/2018 04h00

Raul Aragão viu sua popularidade duplicar quando publicou a primeira foto da (última) volta do casal Brumar, no Réveillon deste ano, em Fernando de Noronha. Havia especulações de que Bruna Marquezine e Neymar tinham reatado, mas foi Raul quem confirmou ao postar em seu Instagram uma imagem dos dois se beijando. A foto, que teve mais de 211 mil curtidas, logo viralizou e deixou os fãs enlouquecidos --e o perfil do autor viu o número de seguidores saltar para quase 400 mil.

Mas para observadores mais atentos de famosos nas redes sociais, Raul não era um completo desconhecido. Amigo de várias celebridades, ele foi o fotógrafo oficial da virada ostentação dos famosos na pousada de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, em Noronha. São dele os lindos cliques que Giovanna postou com a família nas belas paisagens, a surra de beleza da modelo Izabel  Goulart, os ensaios sensuais de Marquezine no mar. E os amigos faziam questão de dar os créditos.

Reprodução/Instagram/Raul Aragão
Raul registrou a foto que anunciou a volta de Bruna Marquezine e Neymar Imagem: Reprodução/Instagram/Raul Aragão

Fotógrafo “gato” com seus belos olhos claros, Raul já foi apontado como affair de Anitta. Em 2014, durante viagem da cantora para Las Vegas, ele estava lá e postou uma foto em seu perfil no Instagram que mostra a funkeira agarrada no colo dele. Foi o suficiente na época para os fãs da cantora acreditarem que eles estavam namorando, o que ambos negaram.

Integrante do "I  Hate Flash"  - site que publica conteúdo de música, moda e comportamento -, ele adora festivais de música e conhece os principais do mundo. No ano passado, registrou um acidente fatal no festival de artes e música Burning Man, no deserto de Black Rock, em Nevada (EUA). Um dos pontos altos do festival é a queima de uma imensa escultura de madeira, que dá nome ao evento, com 12 metros de altura. Raul viu um homem, desorientado, cair nas chamas e morrer. Ele relatou o ocorrido em suas redes sociais e se solidarizou com as famílias. O relato acabou sendo usado por vários portais de notícia.

Natural de Recife, mas criado no Rio, o fotógrafo também já fez trabalhos voluntários no Haiti, em comunidades carentes na Índia e com refugiados em Bangladesh.

Reprodução/Instagram
Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank e Raul Aragão em Noronha Imagem: Reprodução/Instagram

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
Reuters
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo