Famosos

Corpo da atriz Desirée Vignoli será enterrado nesta quarta

Do UOL, em São Paulo

23/01/2018 13h12

A família de Desirée Vignoli confirmou os horários do funeral da atriz, que sofreu um infarto fulminante e morreu no último domingo (21). O velório acontecerá nesta quarta-feira, a partir das 8h. O enterro, no mesmo dia, será realizado às 13h30, no cemitério São João Batista, em Botafogo, bairro da zona sul do Rio.

Reprodução/Viva
Desirée Vignoli em "Que Rei Sou Eu?" (1989) Imagem: Reprodução/Viva
A morte foi confirmada ao UOL por Jéssica Blanco, filha mais velha de Desirée com o ator Luis Gustavo, com quem foi casada durante sete anos. Segundo ela, a atriz sofreu um infarto fulminante em sua casa e foi encontrada morta pela mãe, Decy, que mora no mesmo prédio.

A atriz, que se casou três vezes, deixou três filhos: a primogênita, de 29 anos, Antônio, de 21, e Anna Camilla, de 15, além de uma neta, Marina, de quatro anos. "Rezem, amigos, por Desirée e lembrem-se dela por sua grandiosidade e amor", publicou o perfil da atriz no Facebook.

Jéssica despediu-se da mãe na rede social com sua última foto ao lado dela: "Mãe, quando imaginei que esse seria nosso último momento feliz juntas, e você estava tão feliz! Que você possa enfim descansar em paz, será recebida com muito amor e muita luz, porque as dores desse mundo louco acabaram para você... descanse, meu amor".

Trajetória

Reprodução/Facebook
Filha da atriz Desirée Vignoli, Jéssica Blanco publica última foto ao lado da mãe Imagem: Reprodução/Facebook
Desirée estreou na televisão em 1981, na novela "Jogo da Vida". Depois, atou em "Louco Amor" (1983) e integrou o elenco de "Que Rei Sou Eu?" (1989), em que interpretou Denise, uma das meninas da taberna de Loulou Lion (Ítala Nandi).

Ela também atuou em "Mico Preto" (1990), em que interpretou Lucilene, "De Corpo e Alma" (1992) e "O Mapa da Mina" (1993). O último trabalho da atriz na televisão foi Doroteia de "Vidas Cruzadas", no ano 2000.

Reprodução/TV Globo
Gloria Pires, Miguel Falabella e Desirée Vignoli em "Mico Preto" (1990) Imagem: Reprodução/TV Globo
Em 1999, Desirée foi presa por furto após roubar a bolsa de uma colega em uma academia. Em entrevista ao jornal "Extra", em 2012, ela declarou que agiu por dificuldades financeiras.

"Tudo o que falaram de mim até hoje foi invenção. Fui discriminada pela imprensa. Nunca recebi pensão dos meus ex-maridos. E as pessoas só gostam de lembrar um momento de desespero que eu tive", disse.

Ela também declarou que gostaria muito de voltar a atuar: "Hoje ando de ônibus, faço ginástica, ioga e terapia. A única coisa que falta para eu ser feliz por completo é voltar a atuar".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
TV e Famosos
Da Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
Topo