Topo

Televisão

Correspondente da Globo no Japão anuncia volta ao Brasil após cinco anos

Reprodução/TV Globo
Márcio Gomes é correspondente da Globo no Japão desde 2013 Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

25/01/2018 22h17

Correspondente da Globo no Japão, Márcio Gomes voltará ao Brasil após cinco anos no país asiático. O jornalista anunciou em seu perfil no Twitter que deixará Tóquio em junho para trabalhar na sede paulista da emissora.

Márcio Gomes aproveitou para divulgar seu substituto como correspondente no Japão. O escolhido pela Globo foi o repórter Carlos Gil, apresentador eventual do "Globo Esporte" e do bloco de esportes do "Bom Dia Brasil".

"Amigos, deixo Tóquio no fim de Junho deste ano para continuar o trabalho que tanto amo em São Paulo. Voltamos, eu e família, prontos para novos desafios, no nosso país. Quem fica no meu lugar é o craque Carlos Gil", escreveu Márcio Gomes no Twitter.

Com 47 anos, Márcio Gomes apresentou seu primeiro telejornal na Record, em 1994, mas tornou-se conhecido na Globo, onde trabalha há 23 anos. Na emissora, sentou na bancada do "Bom Dia Brasil", "Jornal Hoje" e "Jornal Nacional", além de telejornais locais no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Inicialmente, Márcio Gomes trabalharia no Japão durante dois anos, mas ficou quatro. Ele substituiu Roberto Kovalick, que permaneceu no país asiático entre 2009 e 2013, quando foi transferido para Londres. Retornou o Brasil três anos depois, e hoje apresenta o telejornal "SP2".

A Globo tem trazido correspondentes de volta ao Brasil. Além de Márcio Gomes e Kovalick, Rodrigo Bocardi deixou os Estados Unidos, onde trabalhou durante quatro anos, para apresentar o "Bom Dia SP

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!