Topo

Famosos

Contra "Kardashianismo", bar proíbe clientes de falarem "literalmente"

Divulgação
As irmãs do clã Kardashian-Jenner em campanha publicitária Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

27/01/2018 15h14

Um bar em Nova York resolveu proibir, literalmente, seus clientes de usarem a expressão "literalmente", muito utilizada pelos membros da família Kardashian no reality show "Keeping Up With the Kardashians", exibido pelo canal pago E! há 14 temporadas. 

A nova regra está bem visível num cartaz na entrada do Continental Bar, o que, segundo o site "TMZ", chamou a atenção de muitos clientes - até mesmo de quem não acompanha o dia a dia do clã de influencers.

"Desculpe, mas se você usar a palavra 'literalmente' dentro do Continental Bar, você tem cinco minutos para terminar seu drinque e então deve sair. Se você começar uma frase com 'Eu literalmente', deve sair imediatamente!!! Essa é mais desgastada e irritante palavra da língua inglesa e nós não vamos tolerar. Parem com esse Kardashianismo agora!", diz o texto.

Uma das usuárias do Twitter a compartilhar uma imagem do cartaz reparou que, após o aviso na porta, o bar estava vazio em um dia de funcionamento. Em seu site oficial, o estabelecimento anti-Kardashian diz que seu prédio será desapropriado e deve fechar as portas em junho deste ano. Coincidência?

  

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!