Topo

Televisão

Homem solta palavrão ao vivo em jornal de Bocardi: "É para tirar do sério"

Do UOL, em São Paulo

30/01/2018 12h52

Um homem revoltado com a fila para vacina contra febre amarela em Guarulhos, na Grande São Paulo, soltou um palavrão ao vivo durante o "Bom Dia SP" desta terça-feira (30). Ele foi entrevistado pela repórter Mariana Aldano, quando desabafou sobre a demora para se vacinar na rede pública.

"Estou há quase um mês tentando tomar essa vacina, e ninguém está conseguindo. Já não chegam os buracos que nós temos na rua, que eles abrem, ainda fica essa putaria da vacina!", disse o entrevistado.

Surpresa, a repórter se afastou do homem e encerrou a entrevista às pressas para evitar que ele falasse mais palavrões ao vivo. "Está certo. Obrigada, viu? Bom, Rodrigo, então é isso. A gente vai entender direitinho, buscar informações oficiais para saber exatamente qual o problema com o agendamento, qualquer coisa te chamo por aí", avisou a jornalista.

O apresentador do "Bom Dia SP", Rodrigo Bocardi, compreendeu o protesto do cidadão e reclamou da desorganização do poder público para o agendamento das vacinas contra febre amarela.

"A galera perde a cabeça, porque é isso. A gente vem acompanhando isso faz tempo. Madrugada, acorda cedo, vai em um dia e tenta. Falam que tem agendamento. No outro dia, quando você chega, fica essa confusão. É preciso um pouquinho de organização da Secretaria de Saúde, do poder público, para que tenha o mínimo de respeito com o cidadão. Anunciar que vai ter o agendamento, que nem é a vacina, e depois não ter no meio da madrugada, depois de as pessoas passarem esse tempo na fila, realmente é para tirar do sério", concordou Bocardi.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!