Topo

Famosos

Bruna Marquezine diz qual parte de seu corpo Neymar mais gosta

Cássia Tabatini/Glamour
Bruna Marquezine foi entrevista pela revista "Glamour" Imagem: Cássia Tabatini/Glamour

Do UOL, em São Paulo

31/01/2018 12h15

Bruna Marquezine falou um pouco mais sobre seu namoro com Neymar. Capa da revista "Glamour", ela respondeu perguntas do namorado e de outras celebridades e falou sobre a parte de seu corpo que o jogador mais gosta. "Essa é fácil! A parte do meu corpo que você mais gosta é o queixo", respondeu  Bruna para Neymar. 

Questionada pelo amado sobre três lugares do mundo para os quais adoraria viajar, a atriz afirmou que deseja conhecer muitos lugares. "Bora Bora, por exemplo, e, para lá, eu certamente levaria você. E para todos os outros também! Mas para esse, só você. Sonho conhecer Machu Picchu e o deserto do Atacama. Para lá, levaria a Teca [a modelo Stéphannie Oliveira, uma de suas melhores amigas], porque a gente sonha com essa viagem há muito tempo. E desejo viajar muito com a minha irmã [Luana, de 15 anos] ainda. Talvez deixe a Tailândia para ela. Itália e Portugal quero conhecer com meus pais [Telmo e Neide Maia]. Ah! Também tenho vontade de ir para o Japão e a China", detalhou.

Ela respondeu ainda uma pergunta enviada por Marina Ruy Barbosa, sua colega de elenco em "Deus Salve o Rei", a respeito de como os atores mais jovens são foco de muitas expectativas e cobranças.

"Não são só os atores que estão nesse foco. Isso é um retrato da nossa realidade, da era digital, em que qualquer pessoa pode ser alvo de julgamento. A diferença é que o que falamos tem um alcance maior e nosso trabalho exige exposição. A gente entra todo dia na casa das pessoas. Elas sempre têm algo para falar, e eu não vejo isso como uma coisa ruim. Só se torna negativo quando elas não refletem antes de dividir o que pensam", declarou Bruna. 

Ela também disse que não vê as críticas como "alimento" para seu trabalho. "Com o tempo, aprendi a filtrar comentários. Tento receber o que sei que foi dito com carinho, sendo negativo ou positivo, não interessa. Críticas são muito bem-vindas, mas, no fim das contas, a minha opinião é a que vale. Não é daí que eu tiro meu alimento. Eu me alimento da troca, do meu amor e da minha paixão pela arte, da paixão dos meus parceiros em cena, do que aprendo no meu dia a dia, do que eu estudo".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!