Topo

Televisão

Neymar apareceu como "funcionário" da Globo em show de 50 anos da emissora

João Miguel Júnior/TV Globo
Giovanna Antonelli e Neymar nos bastidores da gravação da novela "A Regra do Jogo" Imagem: João Miguel Júnior/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

19/02/2018 16h26

Nesta segunda-feira (19), a Folha de S.Paulo informou que Neymar assinou contrato de exclusividade com a Globo em 2014, ano da Copa do Mundo no Brasil. O acordo previa participações especiais em programas e campanhas da emissora e uso de conteúdos audiovisuais produzidos pelo jogador. Mas a relação entre o craque e a rede carioca foi exposta, de forma quase subliminar, em 2015.

Naquele ano, a Globo comemorou seu cinquentenário com um programa especial relembrando atrações e artistas da história da emissora, o "Show 50 Anos", exibido em 25 de abril. Ao final, uma extensa lista de 11.091 nomes apareceu nos créditos finais, quantidade que rendeu à emissora um recorde no Guinness Book. Entre os nomes, figurou o de Neymar.

Segundo a Globo, "os nomes de todos os funcionários entraram no crédito final do programa". Na época, telespectadores questionaram o nome do jogador na lista. Afinal, por que Neymar aparece como funcionário da emissora?

A explicação surgiu quase três anos depois, na reportagem da Folha sobre o contrato de exclusividade do atleta. O acordo, segundo o jornal, dava regalias à Globo, como acesso a informações antes dos concorrentes e entrevistas exclusivas.

Enquanto Neymar foi "contratado" da Globo, participou de programas como "Domingão do Faustão", "Fantástico", "Caldeirão do Huck", "Programa do Jô" e "Esporte Espetacular". Ele também gravou participação na novela "A Regra do Jogo" (2015). O acordo durou até meados de 2015, quando o ex-assessor de Neymar alertou o pai do jogador sobre uma entrevista do craque ao programa de Xuxa Meneghel na Record.

Reprodução/TV Globo
Neymar apareceu como funcionário da Globo no show de 50 anos da emissora (canto inferior direito) Imagem: Reprodução/TV Globo

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!