Topo

Novelas

Garimpeiro galã foi até motorista de aplicativo antes de "O Outro Lado"

Divulgação/TV Globo
Anderson Tomazini trabalhou como modelo para pagar as contas em São Paulo e quando a situação apertou mesmo foi trabalhar como motorista de aplicativo Imagem: Divulgação/TV Globo

Carolina Farias

De UOL, no Rio

23/02/2018 04h00

Moreno, alto, bonito, sensual e que até já foi Mister Brasil 2015. Com todas essas credenciais não é à toa que o garimpeiro Xodó virou um dos galãs da fictícia cidade de Pedra Santa na novela "O Outro Lado do Paraíso". Papel tímido no início da novela de Walcyr Carrasco, ele agora vai ter uma virada na trama que começa com o romance com Cleo [Giovana Cordeiro] e ganha ares dramáticos com a explosão da mina e o personagem de Anderson Tomazini vai ficar vários dias soterrado.

"Viver uma história de amor é sempre bom em uma novela e ter isso logo no primeiro trabalho é maravilhoso. Todo mundo sabe que o Walcyr Carrasco  é um autor que gosta de dar oportunidades para todos os atores mostrarem seu talento em algum momento da novela. O meu chegou! E é o crescimento de um personagem que estava ali como uma espécie de quadro, meio que ajudava outros personagens e ficava longe dos protagonistas. O que vem por aí vai ser bacana", adianta com um pouco de suspense Tomazini.

Divugalção/TV Globo
Anderson Tomazini é um dos garimpeiros das minas de esmeraldas de Sophia (Marieta Severo) Imagem: Divugalção/TV Globo
Aos 30 anos e na sua estreia na televisão, Anderson assume que o caminho percorrido foi duro nos últimos anos. Trabalhou como modelo para pagar as contas em São Paulo e quando a situação apertou mesmo foi trabalhar como motorista de aplicativo. "Não tenho a menor vergonha, o menor problema em falar sobre isso. Eu estava tentando trabalhar com peças de teatro, também como modelo e não pintava nada. Tive que me virar mesmo não conhecendo São Paulo, mas como sou bom motorista, eu fui trabalhar no aplicativo".

Isso foi em 2017, enquanto esperava o início das gravações de "O Outro Lado Paraíso". Anderson fez os testes no final de 2016, recebeu a confirmação para o papel em março, mas só entrou nos sets em outubro. "No Carnaval do ano passado, eu estava rodando nas ruas e agora divido cenas com Fernanda Montenegro e Laura Cardoso. Não posso reclamar da vida, né? questiona para logo lembrar de um dos maiores perrengues que passou ao volante.

"Uma vez peguei um passageiro que morava em uma comunidade, em São Caetano do Sul. Fui entrando na localidade passando por várias ruas e cheguei num parte que só tinha uma pista, um baile funk na calçada e muitos homens armados. Fiquei tão desesperado que o passageiro teve que me acalmar. Sai de lá correndo", lembra.

Pai de um menino de 2 anos e meio, Anderson admite que curte a repercussão de seu personagem. "Tenho acompanhado tudo nas redes sociais e eu estou amando. Me motiva a cada dia  ter mais vontade de estudar, de garrar tudo isso. No teatro, nós recebemos o carinho na hora, a relação é mais direta com o público. Na televisão é diferente. O alcance é muito maior que chega a assustar", brinca Anderson Tomazini, que mesmo sem graça, assume receber bem mais cantadas desde que entrou na novela das 21h.

"O nome Xodó já ajuda e as pessoas estão até pegando pesado (rs). Recebo elogios de mulheres, homens e eu não tenho problema nenhum com o assédio masculino. Recebo numa boa como forma de carinho, admiração e até onde se mantém o respeito, está valendo. Só que têm pessoas que passam desse respeito e aí não é legal", finaliza.

Reprodução/Gshow
Em "O Outro Lado", Xodó vai se apaixonar por Cléo (Giovana Cordeiro). "Sempre sonhei em ter um romance na primeira novela", revela Tomazini Imagem: Reprodução/Gshow

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!