Topo

Televisão

"Recebi proposta da Band após desmentir notícia", diz Catia Fonseca

Reprodução/Instagram/catiafonseca
Cátia Fonseca irá estrear programa na Band Imagem: Reprodução/Instagram/catiafonseca

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

26/02/2018 20h44

Prestes a estrear na Band, Catia Fonseca falou pela primeira vez sobre a polêmica saída da TV Gazeta, de São Paulo, em dezembro do ano passado. Na época, após ser noticiado que ela havia assinado com a Band, Catia negou no ar em seu programa, mas horas depois a emissora da família Saad emitiu comunicado sobre a sua contratação.

"Depois que saiu a notícia que iria pra Band, eu disse para a direção da Gazeta que não era verdade e eles pediram pra desmentir no ar. Foi o que fiz. A proposta da Band chegou assim que terminou o programa. Me ligaram, vim para cá, fizeram a proposta, aceitei e assinei. Minha condição era que o contrato valesse a partir de fevereiro. Era fim de ano, estava tudo gravado. Não ia fazer isso com a emissora que foi a minha casa por 15 anos. Seria falta de caráter, não seria justo. Aconteceu tudo muito rápido. Eu sei a verdade, isso basta", disse ela, ao UOL, na sede da TV Bandeirantes, em São Paulo, nesta segunda-feira (26).

"O Flávio Ricco [colunista do UOL] ficou sabendo sem eu saber, ele deu a notícia que assinei assim que terminei de assinar. Não sei como ele ficou sabendo”, completou.

Questionada sobre os boatos de que o marido dela, Rodrigo Riccó, teria a oferecido para a Band, ela afirmou. "Eu conheço o Rodrigo há anos. Quando me convidaram, o convidaram  também porque queriam que a parceria repetisse. Mas eu nem ligo para as notícias que saem sobre mim", disse.

Catia Fonseca estreia o seu programa com duas horas de duração --a primeira hora apenas para São Paulo-- na próxima quinta-feira (1). A atração terá como diretor Rodrigo Riccó, seu marido, que já foi responsável também pelo "Mulheres", da TV Gazeta.

Desde 2002 na Gazeta, Catia Fonseca assinou contrato com a Band em 12 de dezembro, como antecipou em primeira mão o colunista Flávio Ricco, do UOL. Após a publicação da notícia, a apresentadora negou sua saída em vídeo gravado no cenário do "Mulheres" e divulgado no Twitter da emissora.

No mesmo dia, à noite, a Band anunciou a contratação de Cátia para comandar um programa vespertino, com duas partes, uma para São Paulo e outra para o Brasil, antes do "Brasil Urgente".Após o anúncio da contratação, a direção da Gazeta concordou em manter Catia no "Mulheres" até o último programa ao vivo, no dia 22.

Em sua despedida da emissora --foram apenas 20 segundos e sem música--, Catia contou. "Quando me despedi, encerrou em silêncio e pensei: nossa nem uma música. Eles fizeram o que tinham que fazer. Não vou encrencar com isso", garantiu.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!