Topo

Famosos

"Toda vez que precisei da polícia fiquei a ver navios", diz Luana Piovani

Reprodução/Youtube
Luana Piovani fez um desabafo sobre a violência no Rio de Janeiro em seu canal no Youtube Imagem: Reprodução/Youtube

Do UOL, em São Paulo

26/02/2018 10h51

Luana Piovani falou sobre a atuação da polícia e a violência no Rio de Janeiro em seu canal no Youtube. A atriz critica a estrutura e o preparo dos policiais e defende que algo precisa ser feito.

"Todas as vezes que precisei da polícia no Rio fiquei a ver navios, fui totalmente infeliz, foi totalmente frustrada a experiência. Tive que lidar com pessoas que mal sabiam usar o português, perdidas. Que tristeza ligar para o 190 no Brasil", desabafa, acreditando, no entanto, que nem tudo esteja perdido.

"Já fiz duas vezes preparação para personagens com policiais do Rio e São Paulo. Conheci de perto uma nova geração de policiais jovens, com estudo e gana de justiça, que detestam essa fama da polícia, esse fardo pejorativo que a polícia carrega, fiquei muito feliz e orgulhosa", conta.

Luana lista os problemas e queixas que ouviu dos policiais. "Eu me lembro deles falando que a pistola não tem manutenção, que falha na hora de usar. A pessoa ganha R$ 3500 para sair na rua e virar alvo, como videogame. Como pode ter coragem de sair de casa, fazer seu trabalho em uma cidade em que o policial é tratado dessa maneira?  Colete vencido, arma velha, sem treinamento, amigos assassinados diariamente, ninguém te respeita...", enumera.

A atriz defende o engajamento. "A gente precisa fazer alguma coisa, estamos no meio dessa guerra, do fogo cruzado. A gente não foi pra rua tirar a Dilma? Precisa de uma intervenção política. Parece que eles não tem pena da gente, povo".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!