Topo

Famosos

"Minha mãe chorava quando me separei do Bruno", diz Giovanna Ewbank

Reprodução/Youtube
Giovanna Ewbank falou sobre seu período separada de Bruno Gagliasso Imagem: Reprodução/Youtube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/03/2018 10h45

De tempos em tempos, Giovanna Ewbank fala dos dois meses em que se separou de Bruno Gagliasso. Depois de dizer que "tentou fazer a sexy" nesse período, a atriz e apresentadora revela em seu canal no Youtube que a mãe, Débora, sofreu bastante quando os dois não dividiam mais o mesmo teto.

"Na época que eu e o Bruno estávamos separados, ela chorava, eu dizia: 'pelo amor de Deus, parece que você que se separou". Débora contou o motivo: " Não existe outro genro na minha vida, é só o Bruno".

Elas relembram também passagens curiosas da infância e adolescência. "Quando ela era criança, adorava que falassem que era linda. Uma vez entramos correndo em um restaurante porque estava chovendo e ela disse: 'ninguém falou que eu sou linda'. Mas por que não tinha dado tempo! Daí ela levantou, começou a ir nas mesas para ouvir: 'Nossa, que menina linda'. Vi que estava criando um monstro e proibi todos de dizerem que ela era linda", entrega a mãe.

A medida deixou sequelas em Giovanna. "Tive que tratar minha baixa autoestima na terapia. Na adolescência fui a última a beijar, a última a perder a virgindade, tudo porque eu achava que ninguém ia gostar de mim, que eu era a mais sem graça, a mais feia da turma. Que eu era linda por dentro, mas por fora, não".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!