Topo

Televisão

Após 14 anos, Bola anuncia sua saída do "Pânico": "Coisas boas virão"

Reprodução/Instagram
Marcos Chiesa Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

05/03/2018 17h41

O comediante Marcos Chiesa, o Bola, anunciou a sua saída da rádio Jovem Pan e, consequentemente, do programa "Pânico", por meio de um vídeo publicado em seu perfil, no Instagram, nesta segunda-feira (5). Ele era considerado um dos principais integrantes da turma do "Pânico", ao lado de Emílio Surita.

"O negócio é o seguinte. Eu passei aqui para avisar que após 25 anos de rádio Jovem Pan e 14 anos de 'Pânico', eu saí, tá?! E em breve acho que coisas boas virão. Queria agradecer a todos com quem trabalhei. E novidades virão", disse ele, em rápida mensagem.

Na legenda, ele acrescentou. "Valeu galera! Muito obrigado pelos 25 anos me aturando no 'Pânico'! Continuem me acompanhando por aqui que já já teremos novidades!", escreveu o humorista.

Em outubro, o fim do "Pânico", na TV Bandeirantes, já havia sido noticiado em primeira mão pelo colunista do UOL Flávio Ricco. Segundo o jornalista, a relação entre a emissora e Tutinha, dono do programa, se desgastou após cinco anos de parceria. A última edição ao vivo do humorístico na TV foi ao ar em dezembro.

Mesmo com a saída da TV aberta, a ideia seria continuar com o programa na rádio e em uma plataforma no YouTube.

O "Pânico" começou na rádio Jovem Pan em 1993, e dez anos depois migrou para a televisão. Na RedeTV!, o "Pânico na TV" fez sucesso e ficou muitas vezes em primeiro lugar de audiência. Em 2012, mudou para a Band, sem repetir o êxito dos anos anteriores.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber