Topo

TV e Famosos

Aos 38, Fernanda Rodrigues comemora volta de vilã perua à novela das 21h

Raquel Cunha/Globo
Fernanda Rodrigues é Fabiana em "O Outro Lado do Paraíso" Imagem: Raquel Cunha/Globo

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

25/03/2018 04h00

Fernanda Rodrigues voltou. Fabiana, a neta malvada de Beatriz (NathaliaTimberg), faria apenas uma participação de dez capítulos em "O Outro Lado do Paraíso", mas o autor decidiu trazê-la de volta à trama, agora para causar. Ela vai se unir a Renato (Rafael Cardoso) para derrubar Clara (Bianca Bin) e Patrick (Thiago Fragoso).

"Esse casal tem tesão no poder. São pessoas muito interessadas em dinheiro, em poder. Isso faz com que eles tenham uma química muito grande, independente de qualquer coisa. Perceberam que, juntos, serão uma dupla difícil de lidar. Coitadinha da Clara!", brincou a atriz, em entrevista ao UOL, nos bastidores da novela.

Após um período longe da teledramaturgia, estava dedicada à maternidade e, na sequência, ao programa "Fazendo a Festa", do canal GNT, Fernanda Rodrigues volta à Globo com 38 anos, 26 de carreira na emissora e 18 novelas.

Viver a vilã perua, bem diferente de tudo o que já fez, a enche de orgulho.

"Veio no momento certo, não tinha tido essa oportunidade antes. Fiz uma vilã ruiva em 'Negócio da China', fiz uns registros diferentes do meu, mas nunca ninguém tinha apostado nessa discrepância. No Brasil, há um pré-conceito. Os atores ficam rotulados. A bonita faz sempre a bonita, a rica faz a rica, gostosa faz a gostosa."

"E eu falava: 'Posso ser a gostosa?' Porque sou atriz. Em 'O Profeta', as pessoas falavam: 'Ela não é comediante'. E eu dizia: 'Deixa eu fazer!'. E foi o máximo porque ser atriz é se desafiar. O que mais quero na vida é isso, uma boa oportunidade", completa.

Ela acredita que o sucesso da personagem com o público seja justamente por isso. O público conseguiu vê-la atuar em um papel completamente diferente.

"Isso causou não só um estranhamento como trouxe uma alegria de me ver fazendo uma coisa diferente. Para as pessoas é legal me ver voltar, mas pra mim também é muito legal fazer uma coisa diferente, estou super-feliz."

Rafael Cardoso tem sido um parceiro de cena importante para integrar a personagem de Fernanda ao núcleo. "Quando voltei, a gente queria que tivesse liga entre os dois, que as pessoas acreditassem no casal, para que as pessoas torcessem por eles mesmo sendo vilões", diz.

Raquel Cunha e Marília Cabral/Globo
"Outro Lado do Paraíso" terá embate do casal "Fabinato" com "Clarick" Imagem: Raquel Cunha e Marília Cabral/Globo


"Maternidade obsessão"

Mãe de Luiza, de 8 anos, e Bento, 2, frutos do seu casamento com o diretor de TV Raoni Carneiro, Fernanda diz que o sonho de ter filhos a perseguia desde nova. Ela mergulhou tão intensamente que precisou fazer terapia para poder se dedicar a outros papéis de sua vida.

Reprodução/Globo
Fernanda Rodrigues e Raoni Carneiro são pais de Luiza, 8 anos, e Bento, 2 Imagem: Reprodução/Globo


"A maternidade sempre esteve em mim. Era quase que uma obsessão, até que fui na terapeuta depois que tive a Luiza porque não conseguia me distanciar. Vivia só para a maternidade e minha terapeuta falava: 'Cadê a Fernanda amiga? A Fernanda esposa? Filha? Atriz?'. Elas foram todas anuladas pela mãe, que era um sonho da vida."

"Tenho uma dificuldade imensa de delegar. Faço minha rotina toda em função da vida deles. Recebo o roteiro e já vejo: 'Aqui posso buscar na escola'. Faço tudo em função deles. Quando não dá, não dá, com a Luiza ficava culpadíssima, com o Bento está tudo certo", confessa.

Reprodução/Instagram Fernanda Rodrigues
"Mergulhei de cabeça e realmente nasci para ser mãe", diz Fernanda Rodrigues sobre filhos Imagem: Reprodução/Instagram Fernanda Rodrigues

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos