Topo

TV e Famosos

Nem Rafael Cardoso sabia qual era o real caráter de Renato em "Outro Lado"

Reprodução/TV Globo
Renato foi desmascarado por Clara no dia do casamento Imagem: Reprodução/TV Globo

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

26/03/2018 04h00

A máscara de Renato (Rafael Cardoso) caiu em "O Outro Lado do Paraíso". O médico, que até então parecia ser do bem e aliado de Clara (Bianca Bin), mostrou seu verdadeiro interesse: as esmeraldas da neta de Josafá (Lima Duarte). Depois de ser humilhado diante de todos ao receber um não da jovem no dia do seu casamento, Renato se casará com Fabiana (Fernanda Rodrigues) e o casal "Fabinato" se une para tentar derrubar "Clarick", formado por Clara e Patrick (Thiago Fragoso).

"Daqui é o novo embate, o casal Clara e Patrick contra Fabiana e Renato. As vinganças da Clara foram para trás, isso deve ir até a última semana da novela. Ele sempre quis dinheiro. A ganância o levou a isso. A gente vive numa sociedade cheia de psicopatas, de vários níveis. Não só o assassino, mas aquele que só olha para o próprio umbigo e não se importa com a realidade do outro. Aquela pessoa que faz tudo por si e acha argumentos para dizer que faz tudo correto. Na nossa sociedade vemos vários, é só olhar para o Planalto", exemplificou Rafael Cardoso, nos bastidores de gravação da novela, na última quarta-feira (21), nos Estúdios Globo.

Desde o início, o ator sabia que Renato poderia ser um vilão. A ideia chegou a ser descartada, mas Walcyr Carrasco voltou atrás.

"Já havia uma ideia de ele se tornar vilão. No meio da trama tinha essa chance. Em dado momento, não seria mais, daí voltou. Fiz a construção do personagem deixando essa possibilidade de mudança, uma ambiguidade, uma coisa meio nebulosa", explica.

Rafael já viveu vários mocinhos e fala da experiência de virar a casaca aos 45 do segundo tempo. "É muito gostoso a possibilidade do vilão porque a gente fica mais aberto, até para improvisar algumas coisas, não fica tão fechadinho como é o caso do protagonista."

Ator e empreendedor

Criado em uma periferia de Porto Alegre, o ator também é um empreendedor: tem três restaurantes, uma fábrica de sucos e uma fazenda de orgânicos.

"Dinheiro para mim é ferramenta. Acredito em transformar para gerar renda para outras pessoas, não só para mim. Nos nossos negócios sempre têm o esquema de sociedade. Quem tem uma função específica, tem um percentual também", conta.

"Infelizmente a gente vive num mundo capitalista, você precisa comprar remédio, comer, pagar luz, não dá para ficar nessa utopia. Meu pai era empresário e ficou no sangue."

Apesar da carreira atribulada dentro e fora da TV, Rafael não gosta de redes sociais e não tem nem WhatsApp no celular. Isso não significa que está fora delas. "Não tinha rede social. Comecei a movimentar o Instagram agora porque entendi que é uma ferramenta para dar mais visibilidade, ajuda a divulgar os negócios e o meu trabalho [de ator]."

Casado com Mariana Bridi, com quem tem uma filha, Aurora, de 3 anos, o casal espera o segundo herdeiro, Valentim, que deve nascer em meados de maio. "Agora está mais tranquilo. A primeira gravidez é mais tensa, agora está tudo mais calmo, já organizado, tudo pronto para ele chegar", contou.

Com a crise política e violência crescente no Brasil, o ator não esconde o desejo de deixar o país com a família. "Tenho planos de sair. Tenho minha fazenda na região serrana do Rio, tenho outra terra no Rio Grande do Sul. Vou primeiro me afastar para a fazenda e, depois, ir para fora do país. Mas aí primeiro, deixar as crianças ficarem maiores. A gente está analisando todas as possibilidades."

AgNews
Rafael Cardoso, Mariana Bridi e Aurora Imagem: AgNews

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos