Topo

Televisão

Gugu evita se comparar a Justus, mas promete se mexer mais no Power Couple

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

20/04/2018 16h28

Estreante no comando de um reality show, Gugu Liberato falou na tarde desta sexta (20) sobre a preparação para apresentar a terceira temporada do "Power Couple Brasil", que volta à programação da Record na próxima terça (24). O apresentador evitou comparações com seu antecessor na função, Roberto Justus, mas afirmou que sugeriu aos diretores "se movimentar mais" durante a atração.

"Acho que não tem o que comparar [com Justus]. Vou fazer do meu jeito. Quando eles me convidaram para vir aqui na 'Fazenda', no ano passado, para falar com os participantes, fiz aquilo que tinha vontade. Tenho dito e eles têm concordado algumas vezes que eu gostaria de me movimentar mais, não ficar parado em um canto só. Chegar perto dos participantes, conversar, mostrar. Eles têm concordado de ter uma movimentação maior", disse o apresentador durante entrevista na casa onde os participantes serão confinados, localizada em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.

Ao todo, 11 casais disputarão um prêmio total que pode superar R$ 1 milhão. Para isso, assim como nas edições anteriores, casais famosos precisarão confiar um no outro e cumprir provas que valem até R$ 40 mil. Caso completem a tarefa proposta, ficam com o dinheiro, que será acumulado até a grande final do programa. O valor arrecadado ao longo de toda a temporada por cada casal vira o prêmio da dupla vencedora. 

Estreante no formato, após 40 anos comandando programas de auditório, Gugu disse que sua maior dificuldade tem sido memorizar todas as regras do game show. 

"É minha primeira experiência com reality show e a gente tem que seguir uma série de regras que são determinadas pela direção. Isso é realmente muito complicado. Estamos ensaiando bastante. Um erro do apresentador às vezes pode prejudicar um participante. Para mim, a maior dificuldade hoje está sendo essa. Entender as regras de um reality, que não são poucas".

O apresentador lembrou, no entanto, sua experiência em comandar "programa de prova", como "Cidade contra Cidade", "Passa ou Repassa", "Viva a Noite" e "Domingo Legal". Um pouquinho disso eu pude trazer como sugestão. Às vezes gostam, às vezes não aprovam. O programa depende 85% dos participantes. Os outros 15% do apresentador e da produção. Eles têm o mérito da escolha do elenco."

"Nunca assisti realities"

Ao lado do diretor do programa, Rodrigo Carelli, Gugu também admitiu que resistiu em aceitar apresentar um reality, após o fim do seu "Programa do Gugu", no ano passado. "Não queria apresentar reality show. Resisti um pouco. Nunca assisti realities. Não gostava. Não era preconceito, mas não assistia. Não queria ficar longe da plateia", disse o apresentador, que terá uma plateia no "Power Couple", pela primeira vez apresentado de segunda a sexta.

O apresentador reafirmou ter contrato acertado para o reality e uma segunda atração com a Record, mas deixou claro que não será "A Fazenda", também apresentado por Justus, que deixou a emissora. 

"Desanimado e emburrecido"

Gugu afirmou aos jornalistas que estava se sentindo "desanimado" e "emburrecido" com o seu programa exibido às quartas-feiras, e que ele mesmo  tomou a iniciativa de ir até a direção da emissora e dizer que não queria mais apresentar.

"Eu sou movido a desafios. Não consigo apresentar programas por muito tempo. E no ano passado eu falei à direção da Record 'não quero apresentar mais os programas às quartas'. Depois de algum tempo você se aborrece e, modéstia à parte, eu sempre fui pioneiro em determinadas coisas", afirmou Gugu.

"Foi quando surgiu o convite para apresentar o 'Power Couple' (...) Resisti um pouco. Não queria, por exemplo, ficar longe da plateia", reforçou.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber