Topo

Televisão

Paula Fernandes relembra depressão: "Avistei a janela e queria pular"

AgNews
Paula Fernandes fala sobre depressão e fama de antipática Imagem: AgNews

Colaboração para o UOL

26/04/2018 23h51

Paula Fernandes relembrou o "Vai Fernandinha" de quinta-feira (26) o período que encarou a depressão. A cantora recorda como descobriu a doença, "com 19 para 20 anos", o que desencadeou os sintomas e como se curou.

"Foi um conjunto de coisas: ter assumido responsabilidades muito cedo, ter me tornado arrimo de família... Eu não tinha uma Paula Fernandes 'paralela', era muito a artista, o produto. Com 18 anos vi que faltava vida social. Tinha também a questão da condição financeira, que era muito ruim. Minha mãe usava uma calça jeans há 16 anos, porque comprava roupas para a gente", enumera.

A sertaneja percebeu então que algo não ia bem. "Avistei a janela e queria pular. Aí vi que o negócio estava feio. Emagreci 7 kg, cabelo caiu, foi 'uó'".

Foi aí que a cantora decidiu buscar ajuda. "Minha mãe procurou psiquiatra e eu demorei milênios para aceitar, achava que era coisa de gente doida. Quando aceitei o tratamento e os remédios, comecei a melhorar, Fiquei três anos no processo. Comecei a sonhar de novo e as coisas foram acontecendo", comemora.

Antipática?

Além de recontar sua origem humilde, a cantora diz que demorou a perceber a fama negativa que ganhou. "Depois que as coisas começaram a acontecer, vieram outros problemas,  o empresário que você está que às vezes não administra a coisa de uma forma legal. Na época do 'boom' mesmo, em 2011, fiz 220 shows no ano. Foi a época que sofri mais com falta de uma boa administração da carreira".

Paula descobriu que sua imagem estava arranhada. "Surgiram coisas que me atrapalharam muito. Diziam que eu era antipática, que não atendia as pessoas. Eu não entendia porque as pessoas tinham essa impressão de mim, eu não sou chata. Comecei a entender que era algo ao redor. Ficava 'pê da vida' em casa, queria falar alguma coisa, mas quem vai me ouvir, quem vai saber que essa timidez não é antipatia? É simplesmente timidez", garante.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!