Topo

Televisão

Repórter da Globo se assusta com tiroteio durante telejornal

Reprodução/TV Globo
Repórter Jean Raupp se assusta com tiroteio durante o "SP1", telejornal da Globo Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

26/04/2018 13h48

O repórter Jean Raupp se assustou com um tiroteio durante o "SPTV 1ª Edição", telejornal local da Globo, nesta quinta-feira (26). O jornalista tinha acabado de aparecer ao vivo no centro de São Paulo quando foi surpreendido pelo barulho de tiros a menos de 200 metros do local onde ele e a equipe da emissora se encontravam.

Raupp participou do "SP1" diretamente do largo São Francisco para informar sobre a pintura da fachada de um convento tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), órgão da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

Minutos depois, o jornalista se assustou ao ouvir tiros na avenida 23 de Maio, próximo ao vale do Anhangabaú. O "SP1" mostrou o repórter fugindo do local com a equipe da Globo. O apresentador Cesar Tralli chamou Raupp para falar sobre o caso e o susto que tomou.

"Olha isso, gente! Jean Raupp, ainda se recuperando do susto? O que foi que aconteceu?", perguntou Tralli. "Pois é, Tralli, susto para nós e para dezenas de pessoas que passam aqui pela 23 de Maio".

Segundo o repórter, dois homens em uma moto anunciaram assalto em um posto de combustível, onde dois policiais à paisana tinham parado para abastecer suas motos. Eles trocaram tiros com os assaltantes. Um deles foi baleado, e um policial ficou com o ombro ferido.

"Graças a Deus, vocês todos estão bem, quem estava passando por ali também, não sobrou bala perdida. Que loucura!", disse Tralli, aliviado.