Topo

Famosos

Anunciado o nome do terceiro filho de Kate Middleton e príncipe William

Reprodução/Twitter/Kensington Palace
Kate Middleton e príncipe William acenam na saída do hospital Imagem: Reprodução/Twitter/Kensington Palace

Do UOL, em São Paulo

27/04/2018 07h02Atualizada em 27/04/2018 15h02

Louis Arthur Charles foi escolhido como nome do novo príncipe britânico, filho de Kate Middleton, e príncipe William, que nasceu na segunda-feira (23). 

O novo herdeiro será conhecido oficialmente como Sua Alteza Real, o Príncipe Louis de Cambridge -- seus pais têm o título de Duques de Cambridge. 

A espera pelo nome foi a mais longa dos últimos anos. A família real levou quatro dias para revelar o nome de Louis, enquanto os de George e Charlotte levaram apenas dois dias para serem divulgados. 

Por que Louis? 

O primeiro nome não é tão comum na monarquia britânica -- ao contrário da francesa, na qual foi usado por nada menos do que 18 reis --, mas tem várias referências dentro da família real. O nome tem significado importante para o pai de William, o príncipe Charles, cujo tio e mentor, o conde Louis Mountbatten, foi assassinado pelo grupo IRA em 1979. A relação especial dos dois foi retratada na segunda temporada da série "The Crown", sobre a vida da rainha Elizabeth 2ª. 

Louis, assim como Arthur, também faz parte do nome completo de William: William Arthur Philip Louis. E também está entre os nomes do primogênito de Kate e William, George Alexander Louis.

O nome pode também ser uma homenagem ao bisavô príncipe Philip, cujo avô era o príncipe Louis Alexander de Battenberg.

Charles é uma homenagem direta ao avô, que irá assumir o trono britânico após a rainha Elizabeth 2ª. Já Arthur era um dos nomes mais cotados nas casas de apostas britânicas. Além de ser uma tradição de família e estar nos nomes completos de William e Charles, esse também era o nome do sétimo filho da rainha Vitória, que era tido como seu favorito. 

Arthur ainda guarda forte significado mitológico por conta da figura lendária do Rei Arthur, eternizada em livros e filmes.  

Com seus outros dois filhos, George e Charlotte, Kate e William tradicionalmente optaram por nomes que também têm forte significado dentro da família real. George foi o nome escolhido por vários monarcas, incluindo o rei George 6º, pai da rainha Elizabeth 2ª. Já Charlotte, que é uma versão feminina de "Charles", também ganhou Elizabeth e Diana em seu nome, em homenagem à bisavó e à avó, respectivamente. 

Outras possibilidades

Nas casas de apostas, figuravam nomes como Albert -- nome verdadeiro do pai da rainha Elizabeth 2ª, que governou como George 6º --, e Philip, em homenagem ao Duque de Edimburgo. Albert, inclusive, chegou a aparecer em um domínio registrado na internet pelo Palácio de Buckingham, o que levantou suspeitas. 

Alexander também ganhou força após uma brincadeira do príncipe William. Em evento oficial, ele falava com jornalistas quando alguém na multidão sugeriu que o nome do bebê poderia ser Alexander. Ele respondeu dizendo "é engraçado você dizer isso”, o que muitos interpretaram como um indício do nome real.

Nascimento

O pequeno Louis chegou ao mundo no hospital St. Mary, em Londres, com 3,8 kg. 

Desde a manhã de segunda, quando foi anunciado que Kate havia entrado em trabalho de parto, uma multidão se juntou à porta do hospital para esperar o anúncio.

O bebê será o quinto na linha de sucessão ao trono britânico, atrás do avô, o príncipe Charles, do pai, William, e dos irmãos mais velhos, George, 4, e Charlotte, 2. O príncipe Harry, com a chegada do novo sobrinho, agora passa a ser o sexto na linha de sucessão.

Conforme a tradição, o anúncio do nascimento do terceiro bebê também foi colocado na porta do Palácio de Buckingham. A proclamação ao público foi disposta em um cavalete de ouro na entrada do palácio.

Ainda segundo a família real, a rainha Elizabeth 2ª, os príncipes Harry, Charles e Philip, a duquesa da Cornualha, Camilla Parker Bowles, e os familiares de Kate Middleton foram informados do nascimento da criança e “estão muito felizes com a notícia”.

Segundo a emissora britânica BBC, dois médicos veteranos da família real, o obstetra Guy Thorpe-Beeston e o ginecologista Alan Farthing, supervisionaram o nascimento. Os dois também estiveram presentes nos nascimentos de George e Charlotte.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber