Topo

Famosos

Monica Benini, mulher de Junior Lima, relata parto humanizado em casa

Lela Beltrão/Divulgação
Junior e Monica Benini durante o nascimento do primeiro filho, Otto Imagem: Lela Beltrão/Divulgação

Colaboração para o UOL

03/05/2018 13h46

Monica Benini, mulher de Junior Lima, relembrou como foi o parto humanizado de Otto, atualmente com 7 meses, em casa. Ela contou que o processo todo durou 33 horas e que o músico estava presente o tempo todo, dando seu apoio.

"Sempre acreditei no poder da natureza, no sagrado do feminino, na nossa potência. Não tive dúvidas, após saber que estava grávida, de qual seria a forma que eu gostaria que meu filho viesse ao mundo. Foram 9 meses de um mergulho profundo nessas questões. Eu sabia que essa experiência me transformaria por completo e estava sedenta por viver toda essa transformação da forma mais intensa que pudesse. Não tinha medo, tinha desejo. Desejo de viver, de sentir por inteiro cada uma das dores e das transformações que todo esse processo traria", relatou Monica em seu site.

Para ela, tudo foi em seu tempo natural. "Eu acredito no tempo das coisas, nos ciclos… e acreditei mais ainda nisso com ele em meu ventre. Respeitei o tempo dele. Hoje em dia, vejo que esse tempo também era o meu. Foi o tempo de 41 semanas exatas no momento em que ele veio ao mundo. 40 semanas e 6 dias quando ele anunciou que viria", disse.

Monica teve a ajuda, além de Junior, que cortou o cordão umbilical do bebê, de uma doula. "As últimas contrações foram sentidas em um banquinho, um aparato próprio para partos naturais. E assim, sentada, com meu marido abraçado em minhas costas, pude viver o momento mais inexplicável da minha vida. Entendi o significado do tal círculo de fogo assim que meu bebê coroou. Como dói, queima. E em mais uma contração ele estava em meus, em nossos braços. Eu, completamente exaurida, porém tomada pela melhor sensação desse universo, não conseguia acreditar no que estava acontecendo. Ele nasceu em nosso quarto, em frente à nossa cama, depois de 33 vigorosas horas… e foi para nossa cama que “escorregamos” com o Otto em nossos braços", disse.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber