Topo

Televisão

Seu Madruga também devia aluguel na vida real, diz filho no "The Noite"

Divulgação/SBT
Miguel e Esteban Valdés, neto e filho de Ramón Valdés (Seu Madruga), são entrevistados por Danilo Gentili no "The Noite" Imagem: Divulgação/SBT

Do UOL, em São Paulo

09/05/2018 13h13

Ramón Valdés, o Seu Madruga, morreu em 1988, antes de saber que era idolatrado no Brasil, mas o filho e o neto dele visitaram o país pela primeira vez e participaram do "The Noite", programa do SBT. Em entrevista a Danilo Gentili, que irá ao ar nesta quarta (9), os familiares revelaram detalhes curiosos da vida do ator de "Chaves". Sabia que ele também devia aluguel na vida real?

"Não foi uma vez, foram várias vezes. Antes de ser famoso, meu pai trabalhava como motorista de trailer, vendia comida na rua. Vivíamos em um apartamento e de repente ele falava: 'Vamos para a casa da sua avó'. Porque o dono do apartamento, diferentemente do Sr. Barriga, não perdoava", conta Esteban Valdés, filho de Ramón.

Esteban diz que o pai também era Seu Madruga fora de "Chaves". "Meu pai usava essas frases na família: 'Não te dou outra porque...' e 'O que que foi, que que foi, que que há?!'. Roberto [Gómez Bolaños, criador de "Chaves"] pegou a pessoa do meu pai e levou para criar o personagem. Aí incluiu os bordões, a vestimenta. Meu pai também se vestia assim antes do personagem".

Divulgação/SBT
Esteban Valdés mostra calça que o pai, Seu Madruga, vestia em "Chaves" Imagem: Divulgação/SBT
Esteban e Miguel levaram ao "The Noite uma calça que Ramón Valdés usava em "Chaves" e na vida real. Eles ainda presentearam Danilo Gentili com um boneco do Seu Madruga feito à mão em madeira e uma caneca personalizada com a cara do personagem.

Ramón também era tão irritado quanto Seu Madruga, principalmente com as filhas (ele teve dez filhos de três casamentos): "Quando ele ficava bravo, ficava bravo de verdade. Quando meu pai conheceu minha mãe, eles jogaram braço de ferro para ver quem ganhava. Ele disse: 'Se quiser minha filha vai ter que me vencer no braço de ferro'. Era muito machão", recorda Miguel.

O filho e o neto de Seu Madruga estão no Brasil para gravar um documentário sobre a vida de Ramón Valdés, que para surpresa deles é um fenômeno no Brasil: "Não tínhamos ideia. Sabíamos que na América Latina eram conhecidos, mas não sabíamos que o Brasil, em especial, era o lugar onde meu pai era mais querido", diz Esteban.

Empolgado com o documentário, Danilo Gentili, também fã de "Chaves" se oferecerá para coproduzir o trabalho da família de Seu Madruga. Ele trabalhará com o produtor Adriano Almeida, responsável pelas vindas de atores da série mexicana ao Brasil, como Carlos Villagrán (Quico) e Edgar Vivar (Sr. Barriga).