Topo

TV e Famosos

"Ela cresceu sem passar por cima de ninguém", diz Érika Januza sobre Raquel

Reprodução/Globo
Érika Januza no "Encontro" Imagem: Reprodução/Globo

Do UOL, no Rio

11/05/2018 11h35

Érika Januza é só orgulho de Raquel, sua personagem em "O Outro Lado do Paraíso". A novela termina nesta sexta-feira com Raquel julgando o caso de Sophia (Marieta Severo) e vai condená-la pelos assassinatos cometidos. Na primeira parte da trama, a personagem era empregada de Nádia (Eliane Giardini) e sofreu ataques racistas da patroa, que não aceitava o relacionamento dela com o filho Bruno (Caio Paduan).

"Acho que algumas coisas têm que ser mostradas e Walcyr conseguiu passar isso de uma forma muito forte, bonita e necessária porque ela foi mostrada da forma que o amor venceu. É uma personagem que tinha dignidade do início ao fim, ela tinha força, cresceu sem passar por cima de ninguém, sem se rebaixar", disse a atriz no "Encontro" desta sexta-feira (11).

"O perdão não é fácil, mas ela perdoou, acho que isso é muito bonito", completou.

Arthur Aguiar disse que acredita que em alguns casos não existe perdão. "Na minha opinião, tem algumas coisas na vida que não têm perdão. O racismo não tem perdão. O que aconteceu com a Nádia na minha opinião foi que elas se resolveram dali para a frente. O que passou é imperdoável. A maneira como ela tratou a Raquel não dá pra você falar: 'tá bom, agora ela entendeu, está ótimo'. Não tem como...", opinou.

Mais TV e Famosos