Topo

Famosos

Cris Vianna afirma não saber o próprio peso: "Odeio balança"

Reprodução/YouTube
Cris Vianna é entrevistada por Gabriela Pugliesi Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL

17/05/2018 14h46

Prestes a voltar ao ar em "O Tempo Não Para" - próxima novela das 19h da Globo -, Cris Vianna lembrou o começo de sua carreira em um papo franco com Gabriela Pugliesi para o canal dela no YouTube.

"Comecei trabalhando como babá, trabalhei para ajudar no orçamento da minha mãe, meu pai era falecido, sou a mais velha. Cuidava de criança depois de ir para escola, eu tinha 13, 14 anos. Vários lugares que eu ia falavam para minha mãe que eu tinha que ser modelo. E me convidaram para fazer comerciais, minha mãe levava, participava de concurso de moda, de beleza", falou ela.

A partir daí, ela foi naturalmente levada para a atuação. "Depois desse circuito com minha mãe me levando para as coisas fui conhecendo as pessoas, as pessoas me davam comercial para falar. Eu era tímida, aí quis entrar no curso de teatro. Eu era mais tímida, calada", lembrou.

Conhecida por seu talento e beleza - ela também foi modelo - , Cris admite ser vaidosa, mas garante não saber o próprio peso. "Tenho que me cuidar, desde que fui modelo. Hoje, todos os lugares que vou, provar roupa ou fazer algum trabalho, perguntam quanto peso e eu não sei. Não me peso desde que parei de ser modelo. Odeio balança, acho balança agressiva. Quero eu estar bem, me sentir bem", explicou.

Ela ainda relembrou o racismo que sofreu nas redes sociais e como lidou com a situação. "Depois da Maju (a jornalista Maria Júlia Coutinho), da Taís (Araújo, atriz), tive uns 'haters' que ficaram umas duas semanas. Ignorei. Acho que você não tem que dar voz para quem não tem voz. A gente não vai dar eco para quem quer explanar o mal, contribuir com aquilo que não é legal", defendeu.