Topo

Famosos

Eliana lembra medo de morrer e pânico antes de dar à luz: "Fiz testamento"

Reprodução/Instagram
Eliana e a filha, Manuela Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

24/05/2018 14h03

Eliana, que antes de dar à luz Manuela (8 meses), no ano passado, precisou ficar em repouso absoluto após sofrer um descolamento de placenta, lembrou o medo que teve de morrer no parto da filha.

Em entrevista à revista "Crescer", publicada nesta quinta-feira (24), a apresentadora contou que sofreu um surto de pânico.

"Um dia antes de a Manuela nascer, tive uma síndrome, um pânico, fiquei com medo de morrer. Fiz testamento. Fiz tudo o que você pode imaginar como despedida. Até passei o código do meu celular para duas amigas. Tive um surto mesmo. Chorei tanto durante a madrugada que, no outro dia, quando fui para a sala de cirurgia, eu estava bem", afirmou.

Na entrevista, a apresentadora disse que não considera prudente voltar a engravidar.

"Até poderia me aventurar, mas não seria inteligente. O problema que eu tive na segunda gravidez nada teve a ver com a minha idade, mas pode ser que, em uma terceira, haja alguma complicação. Então, arriscar para quê? Sou mãe de dois. Não é preciso", disse, que confirmou se arrepender de ter demorado a engravidar.

Eliana, de 44 anos, deu à luz Manuela em setembro do ano passado. A menina é fruto do relacionamento da apresentadora com o diretor de TV Adriano Ricco. Ela também é mãe de Arthur, da relação com João Marcelo Bôscoli.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber