Topo

Televisão

"Pensei que ia morrer", diz DJ Alok sobre acidente com avião

Edu Moraes/Record TV
Alok no "Programa do Porchat" Imagem: Edu Moraes/Record TV

Do UOL, em São Paulo

31/05/2018 03h13

Alok falou no "Programa do Porchat" de quarta-feira (30) sobre o susto do último dia 20, quando o jatinho que levaria o DJ e sua equipe de Juiz de Fora (MG) para Belém (PA) saiu da pista.

" O avião levantou e voltou pro chão. Eu achei que ele ia retomar, mas freou. Dizem que quando passa do limite, não pode mais brecar, pois não freia dentro da pista.  Por um metro e meio, a gente não morreu, ia cair na ribanceira. O que salvou foi o peso, o tanque [de combustível] estava cheio e ele atolou no último segundo", afirma, confessando que entrou em pânico.

"Quando saiu da pista, soltei o cinto e pensei 'vamos morrer'. Não conseguia ficar parado, me desesperei. Todo mundo ficou parado olhando aquilo, eu repetia: 'não vai parar'", recorda, dizendo como lida hoje com o momento.

"A gente não tinha dimensão da gravidade. Eu ainda estou me recuperando. Nunca acreditei em milagre até viver um", desabafa. Após o trauma, ele quer curtir mais a vida ao invés de fazer 36 shows em um mês.

"Eu amo o que faço, sempre sonhei com isso, mas chega um momento que vivo só para as outras pessoas, não para mim. Quero fazer as coisas que me fazem bem, além do profissional. Viajar, ficar mais com a família. Conseguir fazer as coisas que me fazem bem fora o profissional".