Topo

Televisão


Bismarchi culpa Gimenez por climão ao vivo: "Deu sorte que não fui embora"

Reprodução/Rede TV!
Ângela Bismarchi no Superpop Imagem: Reprodução/Rede TV!

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

05/06/2018 12h54

Angela Bismarchi, que teve uma saia justa com Luciana Gimenez ao vivo no "Superpop", na segunda-feira (4), disse ao UOL o que conversou com a apresentadora após o fim do programa. Evangélica, ela contou ter ficado chateada por não ter tido espaço para falar o seu testemunho e sua crença durante um debate sobre vida após a morte.

"Ela [Luciana Gimenez] deu sorte de eu não ir embora... Depois que terminou [o programa], eu me dirigi a ela. Eu falei, 'pena que não moro mais próxima a você para conversarmos mais'. Eu gosto dela e quero o bem dela. A minha obrigação é levar a Palavra. Eu tinha obrigação de levar o meu testemunho", afirmou ela, que disse ter se segurado para evitar uma confusão maior.

Para Angela, a apresentadora tem culpa, mesmo que indiretamente, pelo climão que aconteceu no encerramento do programa. Ela tomou o microfone de Luciana e reclamou: "Só lamento por você não ter me explorado mais aqui". Visivelmente desconfortável, Luciana a abraçou e encerrou o "Superpop".

"Ela é dirigida por uma produção, mas ela é a dona do programa. Ela tem opinião própria e não pode ser dominada pelos seus funcionários. São funcionários dela. Ela não pode ser manipulada. Por isso eu me queixei com ela", disse.

Para a ex-modelo, Luciana deve desculpas aos telespectadores:  "Foi uma falta de respeito com o público. Eu falei pra ela, 'fiquei com pena de você e do meu público'. Eu divulguei nas minhas redes sociais que iria falar do meu testemunho... Faltou respeito com o público que assiste a ela. O meu testemunho eu vou falar, quer eles queiram ou não. Pode ser ali, nas igrejas ou nas minhas redes sociais".

Embora tenha ficado chateada, Bismarchi garante que voltaria a pisar no estúdio do programa de Luciana Gimenez: "Claro que eu voltaria. Não estou ali para criar inimizade, só para levar a paz. Eu só fiquei indignada porque queriam falar da verdade, mas a verdade mesmo não foi falada".