Topo

Televisão

Humorista demitido pelo SBT após 14 anos volta a gravar "A Praça É Nossa"

Reprodução/Instagram/paulopiolioficial
Humorista Paulo Pioli retorna à "Praça É Nossa" após ser demitido do SBT Imagem: Reprodução/Instagram/paulopiolioficial

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

06/06/2018 15h38

O humorista Paulo Pioli, um dos alvos do corte de funcionários do SBT em 2017, está de volta à emissora. O ator, que trabalhou durante 14 anos em "A Praça É Nossa", anunciou seu retorno ao programa de Carlos Alberto de Nóbrega. "O bom filho à casa torna", escreveu na rede social.

Ao UOL, o humorista de 54 anos conta que foi convidado pelo diretor da "Praça" e filho de Carlos Alberto, Marcelo de Nóbrega, para voltar a gravar o programa.

"Marcelo acha que os 14 anos que fiquei representou alguma coisa à 'Praça'. Sempre nos falávamos e ele me colocou na peça 'Proibidão da Praça'. Não tinha voltado ainda porque existe uma lei que diz que não poderia pisar na emissora até seis meses após a demissão. Assim que o prazo venceu, no dia seguinte ele me trouxe de volta", comemora.

Pioli participou da "Praça" pela primeira vez em seis meses na semana retrasada, sem alarde. O programa, gravado antes do casamento de Carlos Alberto e a nutróloga Renata Domingues, irá ao ar nesta quinta-feira (7).

O ator, dono do bordão "Êta fuminho bão", foi demitido pelo SBT em novembro de 2017, ao lado de outras estrelas da casa, como Carlinhos Aguiar, do "Programa Silvio Santos", e Moacyr Franco, também da "Praça".

Paulo Pioli admite ter enfrentado dificuldades no período desempregado: "Ficar fora da mídia deixa tudo mais difícil. Fiquei em casa, cuidando da família, porque tive duas perdas praticamente no mesmo dia, o emprego e o meu pai".

O humorista e Carlinhos Aguiar retornaram ao SBT. Já Moacyr Franco está gravando a série "Ilha de Ferro", na Globo.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber