Topo

Famosos

Após 20 anos nos EUA, Gisele revela dificuldade de pronúncia em inglês

Reprodução/Instagram
Gisele Bündchen e Tom Brady Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL

14/06/2018 16h28

Gisele Bündchen abriu sua mansão em Boston, nos EUA, para uma entrevista em vídeo da revista "Vogue". É possível ver o tamanho da gigantesca residência que ela vive com o marido, Tom Brady - que aparece no vídeo e troca beijos com a modelo -, e os filhos Vivian, de 5 anos, e Benjamin, de 8.

A caçula também deu o ar da graça no registro e ficou abraçada com Gisele, que falou com ela tanto em inglês, quanto em português. Nesse momento, a modelo ainda prepara um chimarrão e oferece ao repórter.

No "pingue-pongue", em que respondeu a 73 perguntas, Gisele revelou algumas curiosidades como ter participado da abertura das Olímpiada no Rio, em 2016, ter sido o momento mais marcante em sua carreira; que já fez cerca de 2000 capas de revistas e que gostaria de saber balançar os quadris como a Shakira. "Mas estou trabalhando nisso", avisou ela.

Gisele ainda revelou que apesar de morar há 10 anos em Boston, tem dificuldade em pronunciar a palavra "worlds" ("mundos", em inglês). "Falei bem?", perguntou ao repórter.

Sobre Brady, Gisele contou que o jogador odeia andar descalço e que a ensinou a dizer "não", assim como ele aprendeu com ela a reciclar. A modelo ainda relatou como foi o pedido de casamento, que teve até uma "pegadinha".

"Quando ele me propôs, ele inventou toda uma história de que meu apartamento estava inundando e eu corri para lá para tentar consertar a situação. Quando cheguei lá, o apartamento inteiro tinha velas e pétalas de rosas por toda parte e depois ele se ajoelhou para me pedir em casamento. Ele tinha acabado de fazer uma cirurgia e chegou a ter três infecções por estafilococos. Então eu fiquei tipo: 'Levante-se! O que você está fazendo?'. E ele respondeu: 'Eu tenho que ficar de joelhos'. Eu falei: 'Não, não, não, levante-se, por favor!' E aqui estamos", relembrou.