Topo

Famosos

Apresentador compara jogadores do Senegal a camelôs e é acusado de racismo

Getty Images
Apresentador e empresário Alan Sugar Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/06/2018 08h41

Empresário e apresentador da edição britânica do reality "O Aprendiz", Alan Sugar se envolveu em uma polêmica ao ser acusado de racismo por um comentário.

Em seu Twitter, o magnata e ativista político de 71 anos comparou a seleção do Senegal, que ganhou da Polônia na segunda (19) na Copa do Mundo, a camelôs.

Reprodução/Twitter
Apresentador Alan Sugar compara equipe do Senegal a camelôs em post no Twitter Imagem: Reprodução/Twitter
"Eu reconheço esses caras da praia de Marbella. São uns garotos esforçados e multi-tarefas", escreveu ele, que possui mais de 5 milhões de seguidores na rede social.

No comentário, ele anexou uma montagem da equipe do Senegal com itens geralmente comercializados por vendedores ambulantes, como bolsas e óculos de sol.

Após uma enxurrada de críticas, Sugar decidiu apagar o post cerca de 23 minutos depois de publicá-lo.

"Acabei de ler a reação ao meu tuíte bem-humorado sobre os caras na praia de Marbella. Parece que foi interpretado de forma errônea, como ofensivo, por algumas pessoas. Francamente, eu não consigo ver desta forma, pois acho que foi engraçado. Mas vou deletá-lo se vocês insistem", justificou-se.

Depois de mais de uma hora do primeiro post, o empresário resolveu se desculpar pela "piada" de mau gosto. Em um carta enviada ao jornal britânico "Mirror Online", ele explicou:

"Eu quis fazer uma piada. Alguém me mandou aquela foto [da equipe do Senegal] e eu tuitei. As pessoas sabem que eu luto contra o racismo há anos. Eu sinceramente não sabia que poderia ser interpretado de outra forma que não fosse de forma engraçada".

A rede de TV BBC, que transmite "O Aprendiz", prepara um comunicado sobre o caso para ser divulgado ainda nesta terça. Internautas chegaram a comparar Alan Sugar e Roseanne Barr, que teve sua série cancelada após uma ofensa racista feita também no Twitter.