Topo

Televisão

Após 14 anos, Cauã reencontra Rosi Campos, a Mamuska de "Da Cor do Pecado"

Reprodução/Globo
Rosi Campos e Cauã Reymond no "Encontro" Imagem: Reprodução/Globo

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

12/07/2018 12h06

Após 14 anos, Cauã Reymond foi surpreendido com a visita de Rosi Campos no "Encontro" desta quinta-feira (12). O programa mostrou uma foto do ator com sua família em "Da Cor do Pecado", de 2004, a primeira novela dele depois de "Malhação". Rosi era chamada pelos filhos de "Mamuska".

"A gente dava mais ibope que a novela das oito", disse Cauã sobre a novela, exibida na faixa das sete na Globo.

"Foi uma novela que deu bastante trabalho para eles que faziam meus filhos porque tinham que ensaiar todas as lutas. O Cauã tinha facilidade porque ele já luta, faz surfe, é inteligente. Era um trabalho muito grande, mas era uma delícia", disse Rosi.

"Foi uma novela muito feliz. Eu falava, 'Cauã esse sucesso é uma loucura'. Foi tudo gostoso", completou a atriz.

O cantor Sidney Magal entrou no capítulo 105 e interpretou Frazão, um surfista veterano e dominador da arte marcial, que se envolveu com Edilásia (Rosi Campos).

"A família Sardinha tinha essa coisa da mãe séria, rígida, que dava muitas lições.. A Denise [Sarraceni, diretora] disse que ela tinha que ter um marido, aí eu falei: 'Não precisa, ela é realizada. Então me arruma um macho bom. Aí veio o Magal", brincou.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber