PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Aos 35 anos, "Vídeo Show" terá mais uma chance com influenciadoras

Fernanda Keulla (à esquerda) e Vivian Amorim (centro), novas apresentadoras do "Vídeo Show", e Ana Clara (à direita), nova repórter do programa - Montagem/UOL
Fernanda Keulla (à esquerda) e Vivian Amorim (centro), novas apresentadoras do "Vídeo Show", e Ana Clara (à direita), nova repórter do programa Imagem: Montagem/UOL

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

13/07/2018 22h22

Após o intervalo de quase um mês por conta da Copa da Rússia, o "Vídeo Show" volta na segunda-feira (16) com novidades no seu time de apresentadores, mas com o mesmo conteúdo: bastidores de gravações, entrevistas com atores da casa e algumas reportagens de rua.

Com 35 anos no ar, a atração já passou por várias mudanças ao longo de sua existência, mas essa última ascendeu uma luz amarela nos bastidores. O motivo de atenção é não haver nenhum nome de peso, entre os membros da nova equipe.

A escolha pelo trio de ex-BBBs não é à toa. Ana Clara, Fernanda Keulla e Vivian Amorim têm juntas 13,3 milhões de seguidores no Instagram. Felipe Titto, que será repórter, tem mais de 4,3 milhões.

"É uma tentativa de fortalecer o programa. A direção quer e já pediu para a nova equipe divulgar as novidades em suas redes sociais", contou uma fonte ao UOL. "Se isso não melhorar a audiência, o programa vai durar mais um ano, no máximo", aposta a mesma fonte.

Já prevendo a falta de paciência e boa vontade do elenco global, a direção da emissora está orientando os atores para que eles atendam e estejam mais acessíveis ao "Vídeo Show".

Televisão