PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Nívea Stelmann esclarece por que trocou Brasil pelos EUA

Nívea Stelmann no programa do Porchat - Antonio Chahestian/Record TV/Divulgação
Nívea Stelmann no programa do Porchat Imagem: Antonio Chahestian/Record TV/Divulgação

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

19/07/2018 07h21

Nívea Stelmann contou como é sua vida nos Estados Unidos depois que se mudou para lá com os filhos Miguel e Bruna, há um ano. A atriz disse no "Programa do Porchat",da Record, nesta quarta-feira (18), o que a levou a trocar de país.

"A primeira coisa que me levou a mudar de país foi a violência. Quem é mãe quer o melhor para os filhos, não podia deixá-los à mercê. A gente tem que botar na balança e ver que lá acontece bem menos, não tem bala perdida, arma na cabeça... O Brasil chegou em um momento que me expulsou", afirmou Nívea.

A vida no Rio de Janeiro já estava lhe trazendo problemas psicológicos, conta. "Eu tinha medo de ir e vir, estava começando a desenvolver síndrome do pânico. Comecei a ficar louca, saía da gravação direto para casa. Isso não é vida", desabafou.

A entrada do filho mais velho na adolescência também pesou. "O Miguel queria a liberdade dele, sair sozinho, ir ao cinema, baladinha... Eu não deixava pela violência, já lá nos Estados Unidos ele faz o que quiser. Seguro você não está em nenhum lugar do mundo, mas lá eu pago impostos e vejo resultados". 

Nívea não esconde a saudade da TV. "Muita gente dizia 'você é louca, deixar 20 anos de carreira?'. Tenho muita saudade do Brasil, dos meus amigos e de atuar. Minha vida foi novela, não sei fazer outra coisa. E quando escolhi Orlando, não estava focada em atuar lá, senão teria escolhido Los Angeles".

Famosos