PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Fora da TV, Rafa Brites aposta em palestras de "autoliderança"

Rafa Brites durante palestra em ONG de Porto Alegre: "Me sinto bem sucedida profissionalmente" - Projeto Camaleão/Facebook
Rafa Brites durante palestra em ONG de Porto Alegre: "Me sinto bem sucedida profissionalmente" Imagem: Projeto Camaleão/Facebook

Carolina Farias

Do UOL, no Rio

31/07/2018 04h00

Longe da TV desde que saiu do "Vídeo Show" em abril deste ano, Rafa Brites desenha outros caminhos para além da telinha. Ela começou a usar sua trajetória na TV e seu histórico familiar como exemplo em palestras com ensinamentos que chama de "autoliderança".

A ex-repórter, que é formada em administração de empresas, leva aos eventos as ideias do projeto "Transformando Sonhos", criado pelos seus pais há 20 anos.

"Aos meus 11 anos de idade, meus pais iniciaram esses encontros da família Sanchotene Brites, que eram eles e as três filhas, das quais eu sou a menor. Desde então, procuramos o auto conhecimento, sonhamos juntos, planejamos as nossas vidas e dividimos com a família para ver como podemos nos ajudar", explicou a mãe do pequeno Rocco, de 1 ano, primeiro filho da relação com o apresentador do "Esporte Espetacular" Felipe Andreoli.

Ao menos duas palestras - também chamadas por ela de workshops - foram feitas em Porto Alegre, sua cidade natal, em junho, logo após ter voltado de um curso de liderança na Oxford Leadership, na unidade de Paris. A ideia de Rafa é levar o projeto para empresas e transformá-lo em negócio.

"Sempre fui ligada ao mundo corporativo. Meu pai trouxe esse modelo, implementou na empresa em que era sócio e adaptou para a família. A minha ideia é levar o 'Transformando' para dentro das empresas. Mas quando for destinada ao público, todo o lucro será revertido para uma ONG local como foi o caso do Projeto Camaleão em Porto Alegre", explicou a ex-repórter sobre a instituição que ajuda pessoas com câncer.

Com entrada a R$ 100 - 10% delas oferecidas a quem não tinha condições de pagar -, o evento arrecadou R$ 10 mil para o projeto. Rafa não cobrou pelas palestras.

O conteúdo passado pela ex-apresentadora nos eventos é basicamente composto pelas experiências que considera de sucesso em sua trajetória na televisão. Rafa começou na Globo como repórter do "Mais Você", foi apresentadora do reality musical "SuperStar" e, ano passado, virou repórter do "Vídeo Show", cargo que deixou em abril deste ano

"Encontrei um amor, formei uma família linda e me sinto bem sucedida profissionalmente. O que me motivou a realizar esse trabalho foi a gratidão por ter crescido com saúde em um ambiente de amor, paz, segurança, educação e busca espiritual. Isso me fez sentir a necessidade de dar algum tipo de suporte ao próximo. Se minhas palavras derem um pouco que seja de emoção e motivação será mais um sonho realizado", orgulha-se. 

Rafa explica que o evento também pode ser chamado de workshop porque o público participa ativamente. "A ideia é que as pessoas saiam de lá com suas anotações e com mais clareza sobre a vida e como desejam seguir no futuro. O método é inspirado no conceito SML [Self  Management  Leadership], desenvolvido por Ken  O'donnel e Brian Bacon, mas minha abordagem é menos técnica. Temos um exercício de escrever o que te faz feliz na vida. Em vez de apenas sair escrevendo, conduzo uma meditação com música para ajudar a buscarmos respostas nas nossas memórias profundas e puras", conta a apresentadora, que ainda é vinculada à Globo.

"Ainda tenho contrato com a Globo. Tenho muito suporte para meu projeto assim como percebo que todos ali, que de alguma maneira tentam fazer sua parte para um mundo melhor dentro e fora da emissora, também têm".

Rafa Brites em ação enquanto era repórter do "Vídeo Show" - Reprodução/Globo - Reprodução/Globo
Imagem: Reprodução/Globo

Famosos