Topo

Televisão

Adeus, Cirilo! Atores de "Carrossel" ficam ensanguentados para filme

Montagem/UOL/Reprodução/Instagram/osexterminadoresdoalem
Jean Paulo Campos e Matheus Ueta posam ensanguentados para o filme "Os Exterminadores do Além Contra a Loira do Banheiro" Imagem: Montagem/UOL/Reprodução/Instagram/osexterminadoresdoalem

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

06/08/2018 04h00

Esqueça Cirilo e Kokimoto, os meninos fofos de "Carrossel", que voltará ao ar no SBT nesta segunda-feira (6). Jean Paulo Campos e Matheus Ueta aparecerão totalmente diferentes no filme "Os Exterminadores do Além Contra a Loira do Banheiro", previsto para estrear em dezembro. Os adolescentes ficarão ensanguentados da cabeça aos pés no longa-metragem de terror trash de Danilo Gentili e dirigido por Fabricio Bittar.

Ao UOL, Jean Paulo, de 15 anos, e Matheus Ueta, de 14, revelam os momentos tensos de ficarem com o corpo inteiro cheio de sangue falso --em um só dia, chegaram a gastar 1,2 mil litros do líquido vermelho.

"Usei lente de contato, coloquei sangue no olho e na boca. Foi uma nojeira. Tomei banho no set de filmagem, mas não adiantou porque fiquei três dias espirrando sangue", diz Jean Paulo. "É um sangue mais pegajoso, grudento. É muito estranho ficar com esse treco no corpo, fiquei com nojo de mim mesmo. Mas é 'da hora' levar um banho de sangue! Tudo pela arte!", brinca Matheus, que ainda não conseguiu se limpar completamente.

Os papéis dos dois atores no filme também são completamente opostos aos de "Carrossel". Matheus fará o "aborrecente" Daniel e será fã do grupo de youtubers formado por Danilo Gentili, Dani Calabresa, Léo Lins e Murilo Couto. Já Jean Paulo, como Renato, se vingará do sofrimento de Cirilo e vai tirar sarro de todos na escola onde a história é ambientada.

"O Renato gosta bastante de zoar os amigos. Esse é o grande forte dele. Ele gosta bastante de aprontar, pregar peças. É a vingança. O Kokimoto aprontava com o Cirilo, agora vai ser o contrário", conta Jean Paulo, aos risos. "Daniel é um 'aborrecente', sabe? Tem 14 anos, só fala m..., gosta de youtubers muito ruins, escrachados", adianta Ueta.

Do "Carrossel" ao terror

Reprodução/Instagram/osexterminadoresdoalem
Fabricio Bittar dirige Matheus Ueta e Jean Paulo Campos em "Os Exterminadores do Além" Imagem: Reprodução/Instagram/osexterminadoresdoalem
A aparência assustadora dos atores adolescentes deverá chocar quem está acostumado a vê-los ainda crianças na novelinha do SBT. Para Danilo Gentili, que convidou Jean Paulo e Matheus Ueta, a mudança será positiva para quebrar a imagem de "bons meninos" de "Carrossel".

"Estamos subvertendo os menininhos de 'Carrossel' em um filme que tem sangue, e eles farão piadas pesadas. O público de 'Carrossel' cresceu. Quem gostava deles na novela quer ver esse filme. Eu com 14 anos adorava ver Jason e Fredy Krueger. Para eles, é legal essa transição. Todo mundo os vê muito como bons meninos, eles têm que quebrar isso", afirma Gentili.

Os dois atores também defendem a transformação. "Esse filme vai ser um choque, porque é uma zoeira total. É muito importante estar mudando. Nossa profissão é isso, saber fazer todos os tipos de personagens", aprova Jean Paulo, que ainda é reconhecido como Cirilo.

"Sempre vou ter Kokimoto no cantinho do meu coração, porque o começo a gente nunca esquece. Mas é bom ser reconhecido por outro personagem. É importante virar a chave. Não pretendo abandonar nem um pouco cedo essa vida de artista. Quero ter vários personagens pela frente. O filme vai ser a grande quebra do público, a grande mudança. Vou pegar o público que cresceu vendo 'Carrossel' e está mais velho", analisa Matheus Ueta, que além do filme ensaia a peça "O Pequeno Príncipe".

Divulgação/SBT
Matheus Ueta e Jean Paulo Campos em "Carrossel", novela do SBT exibida em 2012 Imagem: Divulgação/SBT

"Carrossel" é a nova "Usurpadora"

Contrariando os próprios anseios de mudança de Jean Paulo e Matheus Ueta, o SBT não superou o fim de "Carrossel" e levará ao ar pela quarta vez a novela produzida em 2012. Para os dois atores, a reprise é bem-vinda, mas pode se tornar a nova "A Usurpadora", com sete exibições na emissora de Silvio Santos (recordista em reprises ao lado de "Maria do Bairro").

"É legal matar a saudade e saber que mais pessoas vão conhecer o meu trabalho. Espero que se perpetue. Estou ansioso para ver como mudei", elogia Matheus. "Eu acho legal, o pessoal mais novo, de três, quatro anos, vai conseguir ver melhor. Vai virar uma 'Usurpadora'", compara Jean Paulo.